Quarta-feira, Novembro 30, 2022
9.5 C
Braga
InícioBragaFilomena Costa tomou hoje posse como Provedora Municipal dos Animais de Braga

Filomena Costa tomou hoje posse como Provedora Municipal dos Animais de Braga

© CM Braga

Filomena Costa assumiu, esta sexta-feira, o cargo de Provedora Municipal dos Animais de Braga. Trata-se de uma figura externa a todo o universo municipal, que a título de colaboração voluntária e não remunerada, aceitou o convite para assumir as funções, dando continuidade ao trabalho no terreno que a nova provedora tem realizado ao longo dos anos, ao estar ativamente envolvida na causa animal.

Filomena Costa é docente do ensino secundário na área das ciências matemáticas e físico-químicas, atua regularmente em resgates animais, colaborando nos programas CED (captura, esterilização e devolução), fazendo voluntariado como FAT (Família de Acolhimento Temporário) com o foco na promoção de adopções responsáveis.

E é na vertente da adoção responsável que Filomena Costa quer pautar a sua atuação, apostando na sensibilização da população e na melhoria da comunicação com os cidadãos. “Aceitei este convite com muito gosto. Faço parte da causa animal ainda dos tempos de estudante e tenho articulado o meu trabalho com todas as associações que trabalham no terreno. Espero ajudar a fazer ainda mais pelos animais de Braga, a dar continuidade ao que de bom tem vindo a ser feito no nosso Concelho, a agilizar a comunicação entre munícipes, Município e os diversos agentes do território para que se consiga chegar ao maior número de animais possível. Só assim conseguimos diminuir o abandono e, consequentemente, a aumentar o número de animais esterilizados”, referiu Filomena Costa, demonstrando toda a disponibilidade para desempenhar as novas funções e em cooperar com as diversas associações.

Durante a cerimónia de tomada de posse, realizada nos Paços do Concelho, o vereador com o pelouro da Política Animal lembrou o trabalho “consistente” do Município de Braga em matéria da proteção animal que tem vindo a ser desenvolvido ao longo dos últimos anos. Altino Bessa destacou o investimento municipal nos diversos programas CED, na campanha extraordinária de apoio à esterilização de animais de companhia, assim como o trabalho realizado pelo Centro de Recolha Oficial de Braga (CRO) em articulação com as associações.

“Temos tido um bom relacionamento com todas as associações, temos procurado instalar equipamentos diferenciadores e projetamos abrir o sétimo parque canino em Braga, além de possuirmos uma viatura de socorro animal. Nesta matéria da política animal rivalizamos com qualquer município a nível nacional. Este cargo de Provedor Municipal dos Animais vem dar continuidade ao que vem sendo realizado em Braga e a professora Filomena Costa vai exercê-lo de forma autónoma e imparcial, com autoridade e legitimidade, para tornar Braga numa Cidade cada vez mais amiga dos animais”, explicou Altino Bessa, adiantando que posteriormente será criado um email institucional para que os cidadãos possam contactar a provedora.

Por seu turno, o presidente da Câmara Municipal de Braga agradeceu a disponibilidade da provedora para aceitar o cargo e colaborar voluntariamente para esta causa coletiva. Ricardo Rio lembrou que “este não é um momento avulso”, mas sim a consequência do trabalho que Braga tem feito ao longo dos últimos anos na promoção das políticas de bem-estar animal.

“Esta é uma matéria transversal a todas as forças políticas e que importa a todos os cidadãos. Não é por acaso que esta medida constava no nosso programa eleitoral e com um capítulo inteiro de iniciativas referentes à política animal. Ao longo dos tempos vão surgindo novos desafios e em boa hora surgiu esta proposta de criação da figura do provedor animal. Temos tido uma relação profícua com as diversas associações e a Filomena Costa vem reforçar essa mesma relação e ajudar-nos a melhorar o nosso desempenho”, referiu Ricardo Rio, acreditando que este cargo vem valorizar a causa animal dentro do universo municipal de forma a enquadrar as sugestões e melhorar o diálogo com os cidadãos e com as instituições.

A criação do Provedor Municipal dos Animais de Braga decorre da necessidade de se criar uma figura que garanta a efetiva representação dos interesses relativos ao bem-estar animal e que garanta uma maior ligação entre os munícipes, associações locais de defesa dos animais e o Município.

Ao Provedor Municipal dos Animais de Braga pede-se que exerça o cargo de forma independente, imparcial e autónoma em relação aos Órgãos Autárquicos, em colaboração com os serviços municipais, movimentos de cidadãos, associações, instituições ou outras entidades cujo objeto seja a proteção, o bem-estar e a defesa dos direitos dos animais e que atuem na área do Município de Braga.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS