Terça-feira, Abril 9, 2024
12.6 C
Braga
RegiãoEsposendeEsposende inaugura renovado Mercado Municipal

Esposende inaugura renovado Mercado Municipal

© CM Esposende

Numa cerimónia que contou com a presença do presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), António Cunha, o Município de Esposende procedeu hoje à inauguração das obras de requalificação do Mercado Municipal de Esposende.

A intervenção traduziu-se num investimento global de 2,6 milhões de euros e contou com financiamento do programa Portugal 2020, ao abrigo do Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU), o qual abrangeu, ainda, um conjunto de outras intervenções, tanto em Esposende, como em Fão e Marinhas, conforme referiu o presidente da Câmara Municipal de Esposende. Benjamim Pereira justificou a intervenção com “a necessidade de adaptar o Mercado Municipal às necessidades atuais, criando melhores condições tanto para os vendedores como para os clientes”.

© CM Esposende

Benjamim Pereira clarificou que “o novo espaço vai abrir logo que se realize a hasta pública para atribuição dos lugares de venda”. O renovado mercado conta com dezenas de bancas para comercialização de fruta, legumes e hortícolas, 7 peixarias, 6 lojas e 1 cafetaria. Dispõe de vestiários e balneários para os utilizadores residentes, gabinetes para o aferidor e para o fiel de mercado. “Além da questão estética, que foi substancialmente melhorada, outra mais-valia é a eficiência energética do edifício, nomeadamente ao nível do consumo de energia elétrica. O espaço exterior abre a possibilidade à realização de eventos de índole diversa”, refere.

© CM Esposende

“Um edifício sóbrio, perfeitamente integrado na envolvente, com excelente escolha de materiais, resistentes e de pouca manutenção. É uma obra que dignifica o Município e a cidade e constitui um bom exemplo de aplicação dos fundos comunitários”, referiu o Benjamim Pereira, sublinhando, ainda, “a atratividade turística do equipamento, onde figura agora um painel da autoria do artista plástico Juan Domingez, que, na ótica do autor, faz a ligação do mar e da terra, aludindo à história e às tradições do concelho. Esta referência esteve, aliás, presente na recriação etnográfica apresentada pelo Grupo Associativo de Divulgação Tradicional (GADT), de Forjães, um dos momentos marcantes da cerimónia inaugural, a par da performance de teatro, protagonizada por elementos de todos os grupos de teatro amador do concelho que integram o projeto CREARTE, do Município de Esposende”.

Foi apresentada uma reinterpretação de excertos da peça “Quadros da Ribeira”, com texto original de José Felgueiras, adaptado pelos encenadores Jorge Alonso e Eva Fernandes.

© CM Esposende

Reconhecendo que “a obra se prolongou para além do prazo inicialmente previsto, em virtude de vicissitudes várias”, o presidente da Câmara Municipal agradeceu “a compreensão dos vendedores e dos clientes pelos constrangimentos causados”. Referiu que “o Município continua focado e empenhado em dar cumprimento ao programa sufragado”, dando nota de que “estão presentemente em execução obras em diversas freguesias do concelho” e garantiu que “até junho avançarão os demais projetos previstos, abrangendo todo o território concelhio”.

Três meses após ter estado presente na inauguração das obras de requalificação do Largo Rodrigues Sampaio, o presidente da CCDR-N regressou a Esposende para assinalar a conclusão de mais um projeto de reabilitação urbana. António Cunha elogiou a “notável” intervenção de requalificação do Mercado Municipal, tornando-o “mais atrativo e funcional”, considerando que, “além de um espaço de comercialização dos produtos locais, constitui um local de cultura, por via do painel histórico de Juan Dominguez”.

© CM Esposende

“É um concelho onde a modernidade está muito casada com a tradição”, referiu, notando que “Esposende dispõe de um assinalável leque de indústrias, oferecendo, ainda, além da sua riqueza natural, qualidade de vida e qualidade ambiental”. Frisou que “esta conjugação de fatores resulta num quadro de atratividade turística e de crescimento do território, como de resto se tem vindo a verificar”.

António Cunha referiu que “o programa Portugal 2020 permitiu alavancar em Esposende projetos no valor global de 48 milhões de euros, cabendo ao Município um investimento de 14,8 milhões de euros”. “A este montante, soma-se, ainda, o valor de 50,4 milhões de euros de que beneficiaram empresas do concelho. Contas feitas, foram perto de 100 milhões de Esposende de investimento no território, o que demonstra a capacidade que o concelho tem de conseguir bons projetos e de os executar com qualidade”, assinalou o presidente da CCDR-N.

Referiu que “o futuro de Esposende está a ser preparado pelo Município liderado por Benjamim Pereira, tirando partido da sua multidimensionalidade”. Rematou manifestando “total disponibilidade da CCDR-N para continuar a ajudar na concretização desse projeto de desenvolvimento”.

© CM Esposende

O presidente da União das Freguesias de Esposende, Marinhas e Gandra, Aurélio Neiva, expressou a sua satisfação pela concretização de mais uma intervenção de requalificação na área urbana. Considerou que o Mercado Municipal está agora “com ótimas condições para os vendedores e clientes, um espaço mais moderno, mais organizado e com melhor funcionalidade”.

A bênção do novo espaço esteve a cargo do pároco de Esposende, Padre Delfim Fernandes.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES