Sexta-feira, Maio 24, 2024
26.5 C
Braga
RegiãoBarcelosArcebispo de Braga: “A morte da pequena lobita Gabriela é a mais...

Arcebispo de Braga: “A morte da pequena lobita Gabriela é a mais cruel de todas as provações”

D. José Cordeiro presidiu hoje às cerimónias fúnebres de Gabriela Moreira.

DR

D. José Cordeiro, Arcebispo Primaz de Braga, presidiu hoje às cerimónias fúnebres de Gabriela Moreira, que morreu no domingo na sequência de um atropelamento na freguesia de Lijó, em Barcelos.

“A morte da pequena lobita Gabriela é a mais cruel de todas as provações. De um momento para o outro, a vida desabou, e arruinaram-se os sonhos e as expectativas, os projetos e as esperanças, os desejos e a vontade de os concretizar. Num dia, celebrávamos a tua promessa de lobita, acompanhávamos as caçadas da tua alcateia e o significado que ias dando ao Livro da Selva; no outro, assistimos à tua trágica partida”, disse D. José Cordeiro na homília.

“Na verdade, a Gabriela partiu, mas não estou certo de que tenha morrido, porque o que nos deixou é vida, sede e fome de fazer. A Gabriela é um convite à celebração da vida, mesmo quando a vida é brutal e nos esmaga o entendimento; ela ficará como um ícone da juventude, da beleza, que nos faz, apesar de todas as monstruosidades, querer arriscar pelo caminho do bem”, acrescentou o Arcebispo de Braga.

Gabriela Moreira, de sete anos, foi atropelada no adro da Igreja de Lijó durante uma feira dos escuteiros. O atropelamento ainda causou mais quatro feridos, dois deles com gravidade.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES