Ângelo de Sousa é o novo presidente do Lions Clube de Braga
Quarta-feira , Setembro 23 2020 Periodicidade Diária nº 2583
Principal / Notícias / Ângelo de Sousa é o novo presidente do Lions Clube de Braga

Ângelo de Sousa é o novo presidente do Lions Clube de Braga

Ângelo de Sousa

Ângelo de Sousa foi eleito como novo presidente do Lions Clube de Braga. Reforçar o espírito lionístico em contexto de pandemia na vertente de ajuda ao próximo mais carenciado, é um dos objetivos dos novos dirigentes do Lions Clube de Braga, agora eleitos.

Com a nova presidência, o Lions Clube de Braga propõe adequar a sua ação ao contexto sanitário vigente, procurando que a sua missão se consume e não diminua na ajuda que dispensa à sociedade bracarense.

A angariação de bolsas de apoio a estudantes carenciados, através das designadas “lions mission”, e a dinamização do peditório concelhio em prol da luta contra o cancro, são duas das atividades com impacto no ano lionístico que os novos dirigentes se propõem continuar, “com as devidas adaptações à realidade pandémica”.

O novo presidente adianta que “o Lions Clube de Braga, dando cumprimento a causas globais que identificam o movimento, dedica uma particular atenção à área da saúde, especialmente ao combate a enfermidades como o cancro infantil, a diabetes e necessidades oftalmológicas, a par da dádiva de sangue. Embora a recolha de donativos ou outros modelos de apoio a estas lutas sejam mais difíceis nas circunstâncias atuais, vamos procurar não esmorecer e conjugar o voluntariado possível para o sucesso das várias ações”.

Uma vez que o empresariado e a economia local sentem os efeitos financeiros da pandemia, Ângelo de Sousa prevê que neste mandato não lhe vai ser possível entregar à Liga Portuguesa Contra o Cancro os cerca de 50 mil euros obtidos no peditório transato. “O que não quer dizer que não façamos o nosso melhor, da forma possível, também neste âmbito”, disse.

E se o voluntariado em áreas de intervenção social fundamental, como a saúde e a educação, vão continuar a marcar a ação do Lions Clube de Braga, o recém-eleito presidente propõe-se acrescentar-lhe mais uma área: as questões ambientais, através de ações de reflorestação de espaços verdes com proximidade urbana. “Se as catástrofes naturais que, aqui e ali, afetam a humanidade são uma das primeiras preocupações do movimento lionístico, nós queremos que essa preocupação se manifeste desde logo com intervenções preventivas”, considera.

Potenciar a comunicação interna, entre todos os companheiros, “para que o espírito lionístico se sinta nas decisões particulares do quotidiano”, bem como a profusa divulgação da ação do clube, através das várias plataformas de comunicação social, é também objetivo da nova liderança.

No que respeita à organização interna do Clube, o presidente enfatiza a inovação, no uso de novas tecnologias de comunicação, para o reforço do companheirismo e para o desenvolvimento de algumas das ações que dão corpo à sua agenda. “Num universo, como Braga, onde as tics têm um hub muito próprio e reconhecidamente ativo, faz sentido que os lions aproveitem a proximidade dessa competência para melhorar e potenciar o seu alcance. É isso que vamos tentar fazer”, acrescenta.

Licenciado em Engenharia de Produção Têxtil pela Universidade do Minho e abraçando hoje um projeto na área da Segurança e Saúde Ocupacional, Ângelo de Sousa tem a sua vida marcada por uma forte dedicação ao associativismo, desde a Associação Académica da Universidade do Minho, onde é co-fundador do Enterro da Gata, à Associação de Antigos Alunos da mesma instituição universitária, e à Federação das Associações de Pais do Distrito de Braga.

Nos órgãos sociais, de que é presidente da Direção, tem consigo Cândido Pires e Manuel Neves (primeiro e segundo vice-presidentes), Eduardo Pinto (secretário), Luís Lobato (tesoureiro), Machado Rodrigues (vice-tesoureiro), Paulo Rodrigues (vogal), Manuel Portela (vogal), Maria José Carrilho (vogal), Carmo Rodrigues (vogal), Francisco Duarte (vogal), Carlos Almeida (presidente do Conselho Fiscal), Armando Arantes (vogal do Conselho Fiscal) e Miguel Teixeira Pinto (vogal do Conselho Fiscal).

Em tempos de crise, o apoio dos nossos leitores é fundamental para garantir que a Braga TV continue a ser um canal de informação de referência na região. Apoie aqui.