Sábado, Maio 21, 2022
22.9 C
Braga
InícioRegiãoCelorico de BastoMês das camélias celebrado em Celorico de Basto com ciclos de oficinas

Mês das camélias celebrado em Celorico de Basto com ciclos de oficinas

© CM Celorico de Basto

Foram promovidos, durante os fins de semana de março, na Casa da Terra, em Celorico de Basto, várias oficinas orientadas para várias disciplinas, desde escultura, pintura, desenho, cerâmica e mosaico em cacos.

As iniciativas, inseridas no mês das camélias, mostraram a versatilidade da Casa da terra, um espaço completamente renovado que acolheu estas iniciativas e os muitos participantes que usufruíram das mesmas.

“Foi um mês pleno de cultura e arte onde se evidenciou o interesse da comunidade pelas diferentes ações promovidas mostrando que a população está sedenta de vivenciar experiências novas e aprender com os artistas que de forma graciosa nos acompanharam neste mês das camélias” disse José Peixoto Lima, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto. O autarca observou também a importância de um espaço central como a Casa da Terra, “um espaço reabilitado com todas as condições para acolher diferentes atividades culturais e não só, sendo evidenciada a sua versatilidade na promoção de diferentes ações promovidas pelo Município”.

Pela Casa da Terra passaram artistas como Filipe Pereira, pintor de cerâmica reconhecido mundialmente pelo trabalho que desenvolve. O escultor Lopes Cardoso, residente em Celorico de Basto, professor de Belas Artes e autor de diversas esculturas. O ceramista e artesão, Vitor Resende, um dos responsáveis pela elaboração do painel de azulejos de camélias localizado junto à estação de Celorico de Basto. O artesão António Salvador, que desenvolve mosaico em cacos, e a artista de artes plásticas, Carminda Andrade, que ensinou pintura aos interessados nesta disciplina.

As oficinas terminaram ontem, promovidas pelo artesão Vitor Resende e a artista Carminda Andrade, junto dos alunos de Erasmus que visitaram Celorico de Basto por estes dias, numa ação conjunta com o Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto.

Foi um mês de intensa atividade com a organização total de 7 oficinas com a camélia como fonte de inspiração e com a Casa de Terra como localização privilegiada para a arte de ensinar as diferentes formações expressivas.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS