Sábado, Junho 22, 2024
26.7 C
Braga
EducaçãoInstituto CCG/ZGDV da UMinho comemora 30 anos

Instituto CCG/ZGDV da UMinho comemora 30 anos

© UMinho

O Instituto CCG/ZGDV (Centro de Computação Gráfica / Zentrum für Graphische Datenverarbeitung e.V.) comemora 30 anos esta sexta-feira, dia 10 de novembro, com uma cerimónia a partir das 10:30 no auditório nobre da UMinho, em Guimarães. A iniciativa conta com a presença da eurodeputada Maria da Graça Carvalho, do cientista José Luis Encarnação e da presidente da FCT Madalena Alves, entre mais de 25 figuras académicas, empresariais e políticas que vão falar sobre inovação, parcerias e transição digital.

“Ficamos honrados em celebrar estas três décadas em prol da investigação aplicada e da inovação tecnológica; o objetivo é continuar a inovar para melhorar o conforto, a saúde, a segurança, a mobilidade e a conetividade da sociedade”, salientou o presidente do conselho de administração do Instituto CCG/ZGDV, Ricardo J. Machado.

Uma das intervenções mais esperadas é a de Maria da Graça Carvalho, sobre o futuro da transição digital e como o Parlamento Europeu vem contribuindo para concretizar essa transformação. “A UE precisa do compromisso firme de todos os atores da investigação e inovação para concretizar os objetivos ambiciosos ligados à transição digital”, refere. “Precisamos de trabalhar em conjunto para que essa transformação seja justa e inclusiva para a sociedade – e o Instituto CCG/ZGDV tem um papel importante no desenvolvimento de tecnologias digitais inovadoras para a economia, sendo um ator essencial nesse processo”, realça.

O evento conta com painéis dedicados à cooperação internacional, ao papel da investigação e inovação na competitividade dos negócios e à importância dos clusters na dinâmica da economia. Inclui também uma homenagem ao prestigiado cientista José Luís Encarnação, enquanto fundador do CCG/ZGDV, em 1993. Entre os oradores estão também, por exemplo, o secretário de Estado da Digitalização e Modernização Administrativa, Mário Campolargo (em mensagem vídeo), o presidente da Agência Nacional de Inovação, António Grilo, o presidente do Município de Guimarães, Domingos Bragança, e o reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro. Está ainda prevista, às 9h30, uma visita ao recentemente inaugurado supercomputador “Deucalion”, também no campus de Azurém.

Sobre o Instituto CCG/ZGDV

Com uma história ímpar na interface entre o ecossistema de investigação e o mundo empresarial, é dos mais conceituados e inovadores centros de tecnologia do país nas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). Algumas áreas de especialização incluem a realidade virtual aumentada e mista, as redes privadas 5G e 6G, a computação móvel e os sistemas avançados de posicionamento, a computação em nuvem, o blockchain e a cibersegurança, a arquitetura de software, a inteligência artificial, a aprendizagem computacional, os modelos de negócio para a economia digital, a robótica cognitiva e a computação gráfica.

Esta entidade privada sem fins lucrativos está sediada em Guimarães, no campus de Azurém da UMinho. O CCG/ZGDV é reconhecido pela Presidência do Conselho de Ministros como uma organização de I&I (Investigação e Inovação) de interesse público, pelo Ministério da Economia como Centro de Inovação Tecnológica e pela Fundação para a Ciência e Tecnologia como parte do Centro de Investigação ALGORITMI (primeiro centro de I&D formalmente reconhecido em Portugal nas TIC).

A sessão tem transmissão online aqui.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES