Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024
13.4 C
Braga
InícioDesportoCampeonato Nacional de Ralis arranca com Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e...

Campeonato Nacional de Ralis arranca com Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto

© CM Fafe

O Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto foi apresentado esta manhã.

A conferência de imprensa de apresentação foi presidida por Antero Barbosa, presidente da Câmara Municipal de Fafe, acompanhado pelo vereador responsável pela organização da prova em Fafe, Parcídio Summavielle,  pelo presidente do Município de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, pelo vice-presidente do Município de Boticas, Guilherme Pires, pelo vereador do Desporto do Município de Felgueiras, Joel Costa, pelo presidente da FPAK, Ni Amorim, e por Carlos Cruz e Ricardo Coelho, da Demoporto, entidade parceira na organização da prova.

“São já 37 anos de parceria que pretendemos manter durante muitos mais anos, pois estamos conscientes da importância e impacto que o rali, e esta prova em especial, tem para o concelho de Fafe”, afirmou Antero Barbosa.

Mais de 60 pilotos inscritos e super especial noturna em Fafe

O Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto volta a ser, em 2024, o ponto de partida do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR). O Rali sai para a estrada nos dias 23 e 24 de fevereiro e decorrerá no traçado em piso de terra que apresenta, face à edição anterior, algumas novidades, como a partida na vila transmontana de Boticas, na tarde de sexta-feira.

A marcação das eleições legislativas para o início de março implicou a antecipação da data da prova, que continua, como nos anos anteriores, a abrir o Campeonato. Embora a presente edição não faça parte do calendário do Europeu está em aberto um possível regresso ao ERC em 2025.

O presidente da Demoporto afirmou que “foi importante manter as entidades que apoiam a realização deste rali e garantiu que a estrutura da prova vai ser do agrado dos pilotos, reunindo todas as condições para proporcionar um excelente espetáculo e oxalá a emoção da disputa pelos primeiros lugares se prolongue até à derradeira classificativa”.

A uma semana do fecho das inscrições, que já conta com cerca de 60 inscritos, e no que toca a pilotos estrangeiros, são já dadas como certas as participações do boliviano Sebastian Contreras (Citroen C3 Rally2), um estreante em provas na Europa, e de Sergi Perez (Hyundai i20 N Rally2), jovem espanhol de 19 anos que em 2023 se sagrou vencedor da Peugeot Rally Cup Ibérica.

No primeiro dia, os pilotos começam por cumprir as duas primeiras classificativas na região de Boticas: Boticas/Vale do Tâmega (9,64 km) tem um traçado idêntico ao de 2023, enquanto Boticas/Senhor do Monte (11,53 km) surge agora com menos cinco quilómetros de extensão e embora tanto o início como o final não tenham sofrido alterações, a parte intermédia será uma estreia. A jornada termina com a já tradicional super-especial (1,62 km) noturna no centro da cidade de Fafe.

No sábado de manhã disputar-se-á uma dupla passagem pelas classificativas de Luílhas (11,9km), em versão um pouco mais longa que a do ano passado e já utilizada em edições anteriores, e Cabeceiras de Basto (10,68 km), que decorrerá integralmente naquele concelho. O início será o mesmo do troço do Rali de Portugal, incluindo três quilómetros de percurso inédito, para terminar no mesmo local de meta utilizado em 2023.

A parte final da prova inclui uma dupla passagem pelas classificativas de Seixoso (9,97 km), sem alterações em relação a 2023, e Lameirinha (11,18 km), esta numa versão mais curta que a do ano anterior e que será a POWER STAGE, estando o final da prova, em Fafe, prevista para as 17h32.

O Qualifying e o Shakedown, na manhã de sexta-feira, voltam a ter, à semelhança da edição transata, como palco a classificativa de Montim (3,61 km), em Fafe.

A prova de abertura do CPR, o Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto será também pontuável no Campeonato de Portugal de Ralis 2RM (duas rodas motrizes), no Campeonato de Portugal de Masters de Ralis, no Campeonato Promo de Ralis, no Challenge R5/S2000, sendo a prova de abertura da Toyota Gazoo Racing Iberian Cup 2024.

Rali com impacto na Sustentabilidade ambiental

Foi ainda destacada uma inovação no âmbito da sustentabilidade ambiental. Portugal vai ser pioneiro na utilização de gasolinas 100% sintética nos Rally2. “Esta é uma inovação importante nos ralis, que terá início no Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto”, adiantou Ni Amorim.

Programa

SEXTA-FEIRA (23 de fevereiro)

  • Partida (Largo da Igreja de Boticas) 15:45
  • PEC 1 – Boticas/Vale do Tâmega (9,64 km) 16:13
  • PEC 2 – Boticas/Senhor do Monte (11,53 km) 16:51
  • Reagrupamento In (Rua Ângelo Mendonça/Fafe) 18:16
  • Reagrupamento Out 20:55
  • PEC 3 – Fafe (1,62 km) 21:00
  • Parque Fechado (frente ao Pavilhão Multiusos) 22:15

SÁBADO (24 fevereiro)

  • Partida do Parque Fechado 07:15
  • Partida do Parque de Assistência (Praça das Comunidades) 07:30
  • PEC 4 – Luílhas 1 (11,9 km) 08:00
  • PEC 5 – Cabeceiras de Basto 1 (10,68 km) 08:43
  • Reagrupamento In 09:18
  • Reagrupamento Out 09:45
  • PEC 6 – Luílhas 2 10:26
  • PEC 7 – Cabeceiras de Basto 2 11:09
  • Reagrupamento In (Feira Velha) 11:44
  • Reagrupamento Out 11:54
  • Parque de Assistência In (Praça das Comunidades) 12:29
  • Parque de Assistência Out 12:59
  • PEC 8 – Seixoso 1 (9,97 km) 13:32
  • PEC 9 – Lameirinha 1 (11,18 km) 14:30
  • Reagrupamento In (Feira Velha) 15:04
  • Reagrupamento Out 15:30
  • PEC 10 – Seixoso 2 16:00
  • PEC 11 – Lameirinha 2 – POWER STAGE 16:58
  • Parque Fechado (Feira Velha) 17:32

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES