Sexta-feira, Junho 14, 2024
16.7 C
Braga
RegiãoGuimarãesGuimarães aclolhe 1.ª Festa dos Vinhos de Vimaranes

Guimarães aclolhe 1.ª Festa dos Vinhos de Vimaranes

Entre os dias 31 de maio e 1 de junho.

© CM Guimarães

Decorreu, na manhã desta segunda-feira, nos arcos da Praça da Oliveira, a apresentação do programa da 1.ª Festa dos Vinhos de Vimaranes, organizada pela Confraria Terras de Vimaranes, com o apoio do Município de Guimarães, nos dias 31 de maio e 1 de junho, no IDEGUI – Instituto de Design de Guimarães (Antiga Fábrica da Ramada).

Após a apresentação do programa, teve lugar uma pequena demonstração de duas sobremesas, criadas propositadamente para o evento, que utilizam Vinhos de Guimarães na sua confeção.

Na sessão de apresentação estiveram presentes Paulo Lopes Silva, vereador da Câmara Municipal de Guimarães, Mário Moreira, Presidente da Confraria Terras de Vimaranes, e António Monteiro, enólogo na Quinta do Ermízio.

Na sua intervenção, Paulo Lopes Silva afirmou que “o Município tem vindo a acompanhar o trabalho da Confraria Terras de Vimaranes desde o início e destacou o trabalho conjunto que permitiu localizar a sede da Confraria no Mercado Municipal” e acontece “pelas características da Confraria que permitem sediar-se no local primordial para o contacto com os produtores e a população”, configurando, assim, um “desafio para a Confraria desenvolver um trabalho contínuo junto deste público”.

O vereador lançou ainda o “desafio para que a restauração inclua nas suas cartas de vinhos os Vinhos de Guimarães, que são de elevada qualidade e têm vindo a ser premiados um pouco por todo o mundo, contribuindo para o reconhecimento local da produção vinícola”.

Para Paulo Lopes Silva, esta variedade de produção vinícola do território permite “harmonizações de grande qualidade e introduzir na gastronomia uma nova experiência” para os consumidores.

A abrir a conferência de imprensa, interveio Mário Moreira que afirmou ser o desígnio da Confraria Terras de Vimaranes, entidade convidada a integrar o Conselho Consultivo do Turismo, a promoção dos vinhos “com a mesma intensidade que promovem a gastronomia da região, sendo este evento o resultado disso”.

O presidente da Confraria anunciou a inauguração da sede social da Confraria, que será numa das salas dedicadas às associações no Mercado Municipal de Guimarães, decorrerá no dia 17 de maio, às 18:00.

António Monteiro, enólogo na Quinta do Ermízio, considera que “ainda há muito desconhecimento acerca dos vinhos de Guimarães”, que considera serem “o segredo mais bem guardado da região”. Para o enólogo, houve uma revolução completa nos últimos 20 ou 30 anos, existindo agora “uma nova geração de produtores e engarrafadores, voltado para o mercado de exportação, de elevada qualidade” e que a Confraria tem o “mérito de fazer esta apresentação dos vinhos e produtores” e contribuir para a sua eficaz divulgação.

O evento terá o custo de entrada de cinco euros e inclui oferta de copo, com duas senhas para degustar vinhos em qualquer uma das mais de 12 produções vinícolas existentes. Os visitantes podem também esperar masterclasses, onde os especialistas vão falar sobre os vinhos.

No dia 1 de junho, terá lugar o segundo capítulo da confraria, com a entronização de 27 membros, que inclui uma prova de juramento à Confraria, seguida por um desfile pelas ruas da cidade com a banda filarmónica de Moreira.

O evento conta ainda com um momento dedicado aos profissionais da hotelaria e restauração, antes da abertura ao público, para privilegiar a relação entre os interessados.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES