Sexta-feira, Maio 7, 2021
11.7 C
Braga
InícioRegiãoCelorico de BastoCelorico de Basto apresenta “Como viver em família em tempos de pandemia”

Celorico de Basto apresenta “Como viver em família em tempos de pandemia”

CM Celorico de Basto

Celorico de Basto está a desenvolver um webinar sob o tema “Como viver em família em tempo de pandemia” com a participação especial da Associação “Pais como Nós”. A participação neste iniciativa exige inscrição obrigatória e gratuita.

Os participantes poderão assistir ao webinar na próxima quarta-feira, das 10:00 às 11:30, através do link que será gerado para o efeito. Contudo, o CLDS 4G, Celorico+Social, e considerando aqueles que se sentem menos confiantes na utilização de plataformas digitais, irá transmitir o webinar no Centro Cultural Marcelo Rebelo de Sousa.

“No nosso campo de ação vislumbramos dificuldades múltiplas na forma de interação das famílias e percebemos que era urgente atuar no sentido de encontrar meios e formas de ajudar a amenizar as dificuldades sentidas” disse Elisabete Coelho, coordenadora do CLDS 4G, Celorico+Social.

Também Joaquim Mota e Silva, presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, olha com bons olhos para este tipo de ação. “Neste momento as famílias precisam de saber comunicar entre si, saber interagir, saber viver. A pandemia tem sido devastadora também nos laços familiares que precisam de estar mais unidos que nunca”, disse o autarca.

Esta sessão integra as comemorações do mês da prevenção contra os maus tratos na infância – Abril, promovida pela CPCJ. “Estas iniciativas são sempre salutares e uma mais valia na promoção dos valores da família e por consequência dos cuidados a ter com as crianças e jovens”, aferiu Fátima Araújo, presidente da CPCJ de Celorico de Basto.

Apoie o jornalismo.

A Braga TV é um canal de informação independente. Todas as notícias e conteúdos são e continuarão a ser disponibilizados gratuitamente.

Para continuar a oferecer um serviço de informação de referência na região, precisamos do apoio dos nossos leitores para continuar a desempenhar o nosso papel de informar.

Precisamos do seu contributo, caro leitor.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS