Terça-feira, Fevereiro 20, 2024
14.5 C
Braga
InícioReportagemBraga venera São Sebastião na Cividade

Braga venera São Sebastião na Cividade

© Angélica Antunes

São Sebastião é venerado na Cividade, na capela das Carvalheiras, situada junto aos Bombeiros Voluntários de Braga. 

Reedificada a partir de 1715, no seu interior encontra-se uma grande e bela imagem de São Sebastião e um notável conjunto de azulejos que narra a vida do Santo, protetor da humanidade contra a fome, a peste e a guerra.

© Angélica Antunes

Manuel Silva, presidente da Confraria de Nossa Senhora da Ajuda e São Sebastião das Carvalheiras, contou que há muitos anos, a cidade de Braga era pequena e celebrava-se São Sebastião com uma procissão pelas ruas.

© Angélica Antunes

“Havia uma zona muito pequenina aqui na cidade e há um círio próprio de percorrer a pequena cidade que era a Rua de São Marcos, a Rua do Anjo, a zona das Carvalheiras e dava-se a volta com o círio aceso. Havia uma procissão, que se fazia aqui na zona das Carvalheiras, e uma procissão de velas muito bonita, mas como havia pouca gente acabámos por desistir. A única coisa que se faz agora é uma oração comunitária e à noite uma Missa”, referiu Manuel Silva.

© Angélica Antunes

O presidente confessou que gostava de voltar a ver esta procissão nas ruas da cidade. “Eu gostava que a procissão voltasse a ser reativada, mas não sei se é fácil, na medida em que as pessoas que mais se empenhavam com esta procissão já cá não estão”, salientou.

© Angélica Antunes

A grandiosa imagem de São Sebastião da Capela das Carvalheiras mede mais de um metro e Manuel Silva não conhece nenhuma imagem que seja de igual tamanho. “A imagem de São Sebastião mede mais de um metro. Eu nunca a medi, mas é uma imagem muito bonita e não conheço nenhuma com aquele tamanho, pois já fui a várias capelas e igrejas que têm o São Sebastião e não encontrei nenhuma com o mesmo tamanho do que o São Sebastião das Carvalheiras”, frisou.

Esta capela de grande riqueza patrimonial é desconhecida por parte da maioria dos bracarenses. O Dia de São Sebastião foi comemorado com a abertura da capela, uma oração comunitária e a celebração de uma Eucaristia. 

© Angélica Antunes

A Confraria está à procura de novos membros para ajudar a zelar a capela, manter a fé e, se possível, reativar a procissão em honra de São Sebastião que outrora percorria as ruas da cidade de Braga.

Oração

“São Sebastião glorioso mártir de Jesus Cristo e poderoso advogado contra a peste. Defendei a mim, à minha família e todo o país do terrível flagelo da peste, e de todos os males, para que, servindo a Jesus Cristo, alcancemos a graça de participar da vossa Glória no céu. Amém”.

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES