Terça-feira, Outubro 3, 2023
23.8 C
Braga
InícioBragaBraga: Jardins do Palacete Júlio Lima com exposição até 8 de outubro

Braga: Jardins do Palacete Júlio Lima com exposição até 8 de outubro

 

© H2Love – A Exposição

Os jardins do Palacete Júlio Lima, na freguesia de São Vicente, em Braga, encontram-se com a exposição “H2LOVE”, patente até dia 8 de outubro.

A empresa AM Experience Group desenvolveu o projeto de âmbito cultural e lúdico, materializado-se numa exposição que emprega intervenções artísticas, sensoriais e imersivas para todas as idades. 

© H2Love – A Exposição

A exposição, que foi inaugurada a 4 de agosto, potencia momentos culturais e lúdicos aos seus visitantes. Uma exposição que agrega o antigo e o contemporâneo, numa fusão repleta de simbolismo, emoções e curiosidade durante toda a experiência.

Inês Lopes, Head of Dreams & Performances da AM Experience Group, refere que “quando pensámos desenvolver esta experiência ‘H2love’ na cidade de Braga, mais propriamente nos jardins do Palacete Júlio Lima, tínhamos como propósito envolvê-la num espaço carregado de história, diferenciação e beleza. Considerámos, assim, que o Palacete Júlio Lima, sendo um dos edifícios arquitetónicos mais reconhecidos em Braga, classificado há poucos anos como um Bem Cultural de Interesse Municipal pelo Município de Braga, seria o local ideal para se sentir a arte na sua imponência e intemporalidade e, ao mesmo tempo, reabrindo os seus portões à cidade”.

A responsável reforça que “é uma exposição para todas as idades, de cariz pedagógico, que ressalta a importância da água na nossa vida e a urgência em repensar o seu uso e desperdício. Trabalhamos nesta exposição a consciência ambiental e a sustentabilidade. Neste sentido, houve a preocupação em reinventar e representar o elemento água sem o desperdiçar durante toda a experiência. Aliás, grande parte das instalações não usam água. H2Love é sinónimo de meses intensivos de trabalho, com muitos profissionais envolvidos”. 

© H2Love – A Exposição

Para Kristoff D’oria di Cirie, diretor artístico da exposição, “esta exposição foi inspirada pelo amor filantrópico de Júlio Lima à cidade de Braga e às suas gentes, e, em particular, num dos inúmeros relatos partilhados por familiares, amigos e admiradores do palacete, que acabou por nos ajudar a definir o conceito da exposição, baseado na dicotomia entre a água e o amor. Diz a história, e contavam os fregueses da época, que quando faltava a água na rua, fazia-se fila no passeio do palacete para serem suprimidas as necessidades dos menos abastados e que, num ato de empatia e amor, os portões do palacete se abriam para ajudar aqueles que mais necessitavam” .

A exposição está aberta ao público, sete dias por semana, entre as 15:00 e as 23:00, e com informação disponível em www.h2love.pt, a exposição encontra-se dividida, pelos jardins do palacete, em 14 momentos distintos. É uma experiência que emprega uma variedade de instalações imersivas ao longo da exposição, que usam o mínimo de água, desafiando as representações tradicionais desse mesmo elemento e incentivam os visitantes a envolverem-se com o conceito de água de maneiras diversas e inesperadas. 

MAIS NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES