Braga já tem Casa da Ciência
Quinta-feira , Setembro 24 2020 Periodicidade Diária nº 2584
Principal / Notícias / Braga já tem Casa da Ciência

Braga já tem Casa da Ciência

cmb21102016sergiofreitas0000003197

Braga já dispõe de uma Casa da Ciência onde todos os interessados podem adquirir conhecimento relativamente ao Universo e ao Planeta. O projeto, um dos vencedores do Orçamento Participativo 2016, localiza-se em Gualtar (Rua Maria Delfina Gomes) e consistiu na remodelação de um espaço para a execução de um planetário fixo, um cybercafé, uma sala de experimentação científica, um espaço de exposições e um auditório. O espaço é gerido pela ORION – Sociedade Científica de Astronomia do Minho, que se dedica à divulgação e promoção da ciência em Braga.

Durante a sessão de inauguração, Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, sublinhou que este é um projeto em que se ‘sente claramente’ um traço distintivo pelo seu ‘caráter inovador e impacto territorial’, bem como pela forma como mobiliza diversos setores da comunidade. “A Casa da Ciência tem o mérito incontornável de não ser um projeto da freguesia de Gualtar ou da ORION, mas de Braga e de toda a região. Será uma ferramenta poderosíssima ao serviço da educação para a ciência e do conhecimento da comunidade educativa”, afirmou.

Como referiu o edil, o Município pretende estabelecer uma parceria estruturada com a ORION no sentido de, ao longo dos próximos anos e através de apoios financeiros e logísticos, levar o maior número de crianças possível ao espaço. “Estão aqui reunidos recursos notáveis que permitirão realizar um trabalho de valia inestimável com as nossas crianças e jovens. Queremos potenciar esses mesmos recursos e, ao mesmo tempo, premiar o esforço aqui desenvolvido”, disse.

O autarca salientou ainda que Braga, Cidade da ciência e conhecimento, tem apostado continuamente em sensibilizar os mais jovens para as questões científicas. “Há múltiplas iniciativas e parceiras que temos desenvolvido com esse objetivo e um projeto-âncora que tem mobilizado diversos interlocutores: a criação de um Centro de Ciência em Braga que aglutine todas as instituições com quem trabalhamos nesta área. Estamos a concertar esforços e identificar oportunidades para que esse equipamento, que se deseja que tenha uma dimensão considerável e abrangência elevada, seja uma realidade no nosso concelho”, afirmou.

Já Eduardo Jorge Madureira, coordenador do OP da Câmara Municipal de Braga, referiu que este foi um projeto que teve o mérito de conseguir aliar à sua valia intrínseca uma excelente capacidade de mobilização.” Só por causa deste projeto teria valido a pena a introdução deste instrumento de participação cívica. É um equipamento de valia inquestionável para a comunidade”, adiantou.