Sábado, Julho 24, 2021
16.7 C
Braga
InícioCulturaUniversidade do Minho associa-se às celebrações dos 150 anos do nascimento de...

Universidade do Minho associa-se às celebrações dos 150 anos do nascimento de Alfredo da Silva

DR

A Universidade do Minho (UMinho) vai associar-se no próximo dia 22 de abril à Fundação Amélia de Mello nas comemorações dos 150 anos sobre o nascimento de Alfredo da Silva, uma figura ímpar e incontornável da sociedade e economia portuguesas.

A conferência “Inovação e processo criativo”, vai ter lugar no Auditório Nobre, no campus de Azurém, em Guimarães, e contará com a participação de várias personalidades nacionais e estrangeiras de referência. O reitor da Universidade do Minho, Rui Vieira de Castro, e o presidente da Fundação Amélia de Mello, Vasco Mello, irão abrir a sessão que culmina com a intervenção do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

Esta conferência irá abordar a evolução e as perspetivas da inovação, combinando o contexto histórico com uma visão prospetiva dos desafios do século XXI através das intervenções de atores de referência, tanto na academia, como no tecido económico-produtivo, não só nacional, mas também internacional. A escolha do tema prendeu-se com o forte compromisso do Grupo CUF desde o seu início com a inovação, seja através do espírito visionário e empreendedor do seu fundador, quer pela dotação das melhores tecnologias de produção, informação e transporte nas suas empresas.

O dia vai ser preenchido com várias conversas que juntarão um painel de oradores de excelência. O primeiro debate do dia, subordinado ao tema “Percursos da inovação industrial em Portugal”, terá como oradores Joaquim Meneses (Iberomoldes), José Carlos Caldeira (Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores) e José Rui Felizardo (CEiiA) e será moderado por António Murta (Pathena). Ainda da parte da manhã, o presidente da Comissão Coordenadora do Desenvolvimento Regional – Norte e ex-reitor da UMinho, António M. Cunha, irá abordar os “Desafios da Inovação no contexto da transformação digital” na sua apresentação.

Na parte da tarde, Carlos Oliveira (Conselho Europeu de Inovação) irá moderar o painel que terá como tema “A inovação no desenvolvimento regional e nacional”, e que juntará na conversa Carlos Ribas (Bosch Portugal), Luís Braga da Cruz e Fernando Alexandre, professor da UMinho. “Experiência e prática da Inovação na senda de Alfredo da Silva” irá ser o tema do debate que será moderado por Ricardo Reis (Universidade Católica Portuguesa) e que terá como convidados Luis Delgado (Bondalti), Eduardo Ramos (Brisa), Guilherme Magalhães (CUF) e João Basto (Sovena). No último debate do dia, o destaque vai para as presenças de Dava Newman (MIT), Lars Montelius (Instituto Ibérico de Nanotecnologia) e Rus Gant (MIT e Universidade de Harvard). Esta sessão cujo tema é “Perspetivas tecnológicas para um futuro melhor” será moderada pelo presidente da Escola de Engenharia da UMinho, Pedro Arezes. A conferência encerra com a intervenção de Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Estas celebrações para invocar Alfredo da Silva, que arrancaram em junho de 2020, integram 13 conferências que percorrem escolas e universidades do país e que têm como objetivos, olhar para o futuro, divulgar a vida e a excecional obra de Alfredo da Silva, incluindo os aspetos caracterizadores do Grupo CUF, bem como o legado recebido por todos os que lhe sucederam, seja nas famílias José de Mello, seja nas empresas criadas. A Fundação Amélia de Mello pretende, assim, desafiar os vários intervenientes a pensar o futuro da iniciativa empresarial e industrial, bem como o futuro do empreendedorismo e da inovação em Portugal.  Para além das conferências, a Fundação Amélia de Mello promove ainda no âmbito destas comemorações três prémios de investigação universitária, um concurso aos alunos e às escolas do 3.º ciclo do básico e secundário, vários estudos e investigações e a realização de um documentário sobre a vida e obra de Alfredo da Silva.

A par da Universidade do Minho, a Fundação Amélia de Mello conta com a colaboração do DTx – Laboratório Colaborativo em Transformação Digital para a concretização desta iniciativa.

Apoie a Braga TV

O apoio dos nossos leitores é fundamental para garantir que a Braga TV continue a ser um canal de informação de referência na região.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS