Sábado, Agosto 13, 2022
16.7 C
Braga
InícioRegiãoPóvoa de LanhosoPóvoa de Lanhoso implementa Hortas Comunitárias

Póvoa de Lanhoso implementa Hortas Comunitárias

© CM Póvoa de Lanhoso

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso já tem abertas as inscrições para as Hortas Comunitárias. Através deste projeto, que tem fins sociais e ambientais, a Autarquia vai ceder, de forma gratuita, talhões de terreno para cultivo.

“Este projeto é especialmente importante, num tempo em que cada vez mais as famílias precisam de regressar à terra, de cultivar, se possível, os seus alimentos, de poderem, através da agricultura biológica, criar uma poupança no orçamento familiar. São vários os aspetos que consideramos relevantes e que podem contribuir positivamente para o dia-a-dia das famílias Povoenses”, refere o presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Frederico Castro.

Podem inscrever-se famílias e entidades povoenses e os talhões localizam-se nas imediações do Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos. De entre outros aspetos, o projeto das Hortas Comunitárias prevê, não apenas a utilização partilhada de utensílios e a disponibilização de água para rega, como ainda a possibilidade de as pessoas inscritas poderem beneficiar de formação.

Estas parcelas de terreno têm 30 metros quadrados e dispõem de um ponto de água individual e terra lavrada e estrumada. Neles poderão ser cultivados produtos hortícolas, flores de corte, plantas aromáticas, medicinais e condimentares, potenciando as consociações dos produtos de acordo com os princípios da agricultura tradicional e biológica.

Fomentar a prática da horticultura biológica como atividade pedagógica, criativa ou de lazer, de natureza comunitária; desenvolver hábitos alimentares saudáveis, promovendo a utilização de produtos vegetais provenientes de agricultura tradicional/biológica; complementar os recursos alimentares das famílias, reduzindo os encargos com a compra de produtos hortícolas; possibilitar o acesso à prática agrícola a quem não possui terrenos para esse efeito; e preservar práticas agrícolas tradicionais, incentivando a troca de experiência intergeracional, na área da horticultura, valorizando o conhecimento dos mais velhos, transmitindo-o às gerações mais novas, são os principais objetivos das Hortas Comunitárias.

Através das Hortas Comunitárias pretende-se ainda criar novas dinâmicas de usufruto e de utilização de um espaço tão aprazível como é o do Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos, atraindo as pessoas envolvidas com estas atividades.

As pessoas/entidades interessadas devem consultar as Normas de Participação e Funcionamento e formalizar a respetiva candidatura no Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos ou no Balcão Único (nos Paços do Concelho).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS