Sábado, Agosto 13, 2022
17.8 C
Braga
InícioAtualidadeMiguel Gonçalves reconduzido como presidente da Escola de Psicologia da Universidade do...

Miguel Gonçalves reconduzido como presidente da Escola de Psicologia da Universidade do Minho

DR

O professor catedrático Miguel Gonçalves é reconduzido na segunda-feira, 14 de fevereiro, como presidente da Escola de Psicologia da Universidade do Minho. A tomada de posse conta com o reitor Rui Vieira de Castro e decorre às 10:00, no anfiteatro do Centro Multimédia da Escola, no campus de Gualtar, em Braga. Para o triénio 2022/2025, os vice-presidentes da EPsi vão ser os professores Adriana Sampaio e Paula Cristina Martins e o investigador Pedro Moreira. Na cerimónia prevê-se ainda a assinatura de um contrato-programa entre a EPsi e a Reitoria da UMinho.

Miguel Gonçalves licenciou-se em Psicologia pela Universidade do Porto e doutorou-se em Psicologia Clínica pela Universidade do Minho, onde leciona desde 1992. Nesta academia, foi presidente e vice-presidente da EPsi, diretor do Centro de Investigação em Psicologia (CIPsi), diretor do Doutoramento em Psicologia Aplicada e presidente da Comissão de Ética para a Investigação em Ciências Sociais e Humanas, do Conselho de Ética da UMinho. No âmbito da sua atividade científica tem investigado o processo de mudança em psicoterapia, tendo publicado mais de 150 artigos, capítulos e livros internacionais. É atualmente o president-elect do European Chapter da Society of Psychotherapy Research.

A EPsi é das mais recentes unidades orgânicas de ensino e investigação da UMinho, criada após a extinção do Instituto de Educação e Psicologia em 2009. Tem dois departamentos Psicologia Básica, Psicologia Aplicada e o Centro de Investigação em Psicologia, classificado como “Excelente” pela tutela e entre os melhores do país. Esta Escola possui 28 docentes, 33 investigadores e 8 técnicos e cerca de 600 alunos inscritos nos vários cursos. Tem ligações estreitas com a Associação de Psicologia da UMinho e o laboratório colaborativo ProChild, prestando serviços à comunidade e articulando os seus projetos de ensino e I&D.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS