Quinta-feira, Fevereiro 29, 2024
9.5 C
Braga
InícioAtualidadePolíticaJosé Luís Carneiro defende regionalização

José Luís Carneiro defende regionalização

© PS

A campanha da candidatura do PS do distrito de Braga às Eleições Legislativas e a Federação de Braga do PS promoveram o Fórum “Território, Coesão e Desenvolvimento”, que decorreu na Biblioteca Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão.

Eduardo Oliveira, número 7 da lista de deputados pelo círculo eleitoral de Braga e presidente da Concelhia do PS de Vila Nova de Famalicão, destacou “o investimento contínuo da governação socialista no concelho”. “Famalicão é o concelho com mais fundos de execução do PRR com mais de 180 milhões captados, num total de mais de 2600 projetos que envolvem mais de 2800 beneficiários e que representam 30% do investimento do PRR na sub-região do Ave”, disse.

José Luís Carneiro reforçou que “o distrito de Braga tem mais de 430 milhões de euros contratualizados no âmbito do PRR com projetos do setor público, privado, empresas, IPSS e Misericórdias. O investimento é fundamental para impulsionar a modernidade, mas também para combater e corrigir assimetrias entre os diferentes territórios e fomentar a coesão. O PS sempre pugnou pelo desenho de políticas públicas com base na justiça social e coesão, valorizando as pessoas e o seu bem-estar. A taxa de pobreza é ainda elevada, precisamos por isso dar respostas adequadas aos desafios para que haja oportunidades iguais no meio rural e no meio urbano”.

No que diz respeito à regionalização, José Luís Carneiro relembrou que votou a favor da criação das regiões administrativas no referendo realizado em 1998. “Um poder mais próximo das populações é mais eficaz e mais célere. O Partido Socialista avançou com um amplo movimento de descentralização englobando dezenas de competências que assim passaram para as comunidades intermunicipais e câmaras municipais. Defendemos nesta campanha Mais Ação e um Portugal Inteiro. A regionalização é, certamente, um dos instrumentos para essa construção permitindo que cada uma se foque naquilo que melhor faz, com poder para gerir o seu próprio destino”, referiu.

Na conclusão da sessão, o cabeça de lista pelo círculo eleitoral de Braga afirmou que “o PS está mais bem preparado para governar. Tem não só melhor plano de ação, melhores políticas, como tem, também, os protagonistas mais bem preparados para construir um Portugal Inteiro, em que ninguém fica para trás”.

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES