Domingo, Setembro 25, 2022
13.9 C
Braga
InícioBragaFernando Pereira animou 900 antigos alunos da Universidade do Minho

Fernando Pereira animou 900 antigos alunos da Universidade do Minho

© UMinho

Cerca de 900 antigos estudantes da Universidade do Minho juntaram-se na noite de sábado para o Encontro Caixa Alumni, que vestiu de gala o campus de Gualtar, em Braga. A sétima edição da iniciativa teve uma afluência recorde e incluiu a atuação do artista e imitador Fernando Pereira, bem como do cantor folk Pedro Melo e do DJ Moura. Houve ainda cocktail, sete ilhas de degustação de ex-alunos, área de selfies, jantar volante e projeções multimédia.

O tema geral foi “ReencontrUM”, evocando o desejo de convívio e partilha, após dois anos de pandemia, referiu o reitor Rui Vieira de Castro. A UMinho cresceu, tem 20.000 alunos e 3000 professores, investigadores e técnicos nos polos de Braga, Guimarães, Famalicão e, em breve, Esposende e Arcos de Valdevez, respondendo ao desenvolvimento social e económico da sociedade”, frisou. A UMinho faz 50 anos em 2024 e está nas 500 melhores universidades do mundo, o que espelha o que foi e é capaz de fazer como construção coletiva, desde as pessoas que a constituem às múltiplas entidades que servem de base ao seu sucesso no país e no mundo, acrescentou.

Vítor Dias foi dos primeiros a chegar ao evento. Tinha já sido dos primeiros alunos da UMinho, com o cartão nº 69, ao cursar Engenharia Metalomecânica em 1975 no edifício da Reitoria, tendo os professores Maia, Correia e Romero, entre outros, disse. Nascido em Vieira do Minho há 67 anos, trabalhou na agricultura, joalharia e hotelaria, correu mundo como comissário de bordo nos aviões da Braniff e Varig e viveu 30 anos no Rio de Janeiro e 16 em Paris, contou. “Sinto-me como Fernão de Magalhães. Aposentei-me agora e estar aqui é voltar às origens”, sorriu do varandim da tenda improvisada sob o jardim do campus.

Fernando Pereira tem 40 anos de carreira e é um imitador nato. “Faço as vozes do passado, as de hoje e farei, em cadeira de rodas, as famosas do futuro”, brincou. No pavilhão desportivo do campus, interpretou nas duas horas de concerto 50 temas de várias épocas e estilos, por vezes em medley. Aos dez minutos, o clássico “Perfume Patchouly” arrancou com coros do público, mãos e luzes de telemóvel no ar, o videoclipe a passar ao fundo, a bailarina Tiffany com trompete a fingir e o artista ao centro a transpirar trejeitos e emoções. O reportório foi cruzando desde Pavarotti, Variações, Madonna, Lady Gaga, Prince, Tina Turner e tantos outros, além dos recentes Imagine Dragons ou Ed Sheeran. O artista trouxe ainda os seus originais “Ao domingo os namorados” e “Mais oui c’est ça”, fechando a heterofonia com “The final countdown” (e o público a saltar), ”We are the world” e “Con te partirò”.

Esta edição teve a parceria da Caixa Geral de Depósitos, além do Grupo DST, Multitendas, Casais, Bragalux, Leica, Accenture, Balanças Marques, BDO, Belisotex, Cachapuz, Celoplás, Continental Engineering Services, Deloitte, Fujitsu, F3M, Garcia Garcia, LKCOM, Primavera, Super Bock e Triformis. Contou ainda com o apoio dos municípios de Braga, Guimarães e Famalicão e da Capital do Móvel – Paços de Ferreira. O Encontro Caixa Alumni já teve lugar no Largo do Paço, Mosteiro de Tibães, Escola Secundária Sá de Miranda (todos em Braga), Paço dos Duques de Bragança e campus de Azurém da UMinho (ambos em Guimarães).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS