CDS Braga oferece bens alimentares a associação para distribuir às famílias vulneráveis
Sexta-feira , Dezembro 4 2020 Periodicidade Diária nº 2655
Principal / Braga / CDS Braga oferece bens alimentares a associação para distribuir às famílias vulneráveis

CDS Braga oferece bens alimentares a associação para distribuir às famílias vulneráveis

CDS Braga

Devido à pandemia da Covid-19, os movimentos sociais desencadeados pelas instituições e grupos voluntários de Braga têm tido um papel fundamental no combate contra as desigualdades. Nesse sentido, o CDS Braga associou-se à causa solidária ao efetuar uma entrega de alimentos à associação “Virar a Página” para distribuir refeições às diversas famílias sinalizadas no concelho.

A entrega foi realizada por Altino Bessa, presidente da Comissão Política da Concelhia de Braga do CDS-PP, com o objetivo de combater as desigualdades sociais. “O CDS associa-se ao combate das desigualdades que se afiguram cada vez mais em território bracarense. Estamos perante uma circunstância nada fácil de gerir. Todavia, com a união do coletivo, podem ser colmatadas algumas lacunas sentidas na esfera social”, referiu.

O também vereador municipal salientou a importância do apoio prestado por diversas entidades de cariz social, bem como por Juntas de Freguesia no desempenho prestado contra a pobreza. “As cantinas sociais continuam a prestar apoio de refeições quentes para os mais frágeis, as entidades de cariz social desdobram-se para dar resposta às inúmeras solicitações, as Juntas de Freguesia têm levado a cabo um trabalho peremptório na proximidade e apoio à comunidade nas suas variadas necessidades. O concelho de Braga tem contado com uma retaguarda de excelência no que concerne à partilha de bens de primeira necessidade junto dos mais carenciados. Temos assistido a um desempenho notável por parte de instituições como a Cáritas, a Cruz Vermelha, o Virar a Página e outras que levam a cabo respostas fundamentais no apoio aos mais frágeis”, disse.

A concelhia de Braga doou alimentos frescos aos voluntários do “Virar a Página”, que estão no terreno desde o início da pandemia na entrega de refeições solidárias. “É a solidariedade dos bracarenses que permite a estas equipas dar continuidade à distribuição de cabazes ou refeições. Esta conjuntura pandémica mostrou-se um processo prolongado e, como tal, devemos estar preparados para acorrer às necessidades que vão surgindo diariamente. No Minho temos o hábito de dizer que ‘onde todos ajudam, nada custa'”, reforçou.

Altino Bessa deixou o apelo à generosidade da população para realizar uma doação, a fim de ajudar os voluntários e as famílias carenciadas de Braga.