CDS apoia candidatura de António Cunha à presidência da CCDR-N
Sábado , Outubro 24 2020 Periodicidade Diária nº 2614
Principal / Braga / CDS apoia candidatura de António Cunha à presidência da CCDR-N

CDS apoia candidatura de António Cunha à presidência da CCDR-N

A Concelhia de Braga do CDS vai apoiar a candidatura de António Cunha à presidência da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), após Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, ter desafiado as forças políticas que compõem o Executivo Municipal para o seu apoio.

Na última Assembleia Municipal, grupo da bancada do CDS apresentou uma declaração que dava nota da corroboração da candidatura.

“O professor António Cunha é sobejamente conhecido pelo seu extraordinário desempenho académico, desempenhando desde tenra idade funções na mui nobre academia minhota e demonstrando competências exímias para o ensino académico que, mais tarde, vieram a ser confirmadas com a sua nomeação enquanto reitor da Universidade do Minho”, refere Altino Bessa, presidente da Concelhia de Braga do CDS.

Para o centrista, “os anos à frente da academia fortalecem a certeza do seu profissionalismo aguçado, da sua sensibilidade para lidar com as problemáticas que o meio apresenta, da sua liderança versátil e acolhedora de todo o seio académico. Perante um percurso de excelência, estou certo de que não poderíamos ter melhor candidato à CCDR-N. É neste desiderato que manifestamos o nosso total apoio à candidatura de António Cunha à presidência da CCDR-N. Esta refletir-se-á num impacto assaz positivo para o concelho, região e até para o país”.

“Estou confiante que esta será uma oportunidade para fortalecer a estrutura através da criação de instrumentos regionais que combatam, por exemplo, a carência de falta de financiamento e/ou capital que se faz sentir na região Norte. A pro-atividade de António Cunha será o mote a uma mudança positiva e valiosa para o território”, realçou Altino Bessa.

A eleição à presidência da CCDR-N está marcada para o dia 13 de outubro, sendo que os eleitores são as Câmaras Municipais da região Norte.