Segunda-feira, Agosto 15, 2022
16.1 C
Braga
InícioBragaBraga: Eugénia Santos afasta-se do Chega após polémicas

Braga: Eugénia Santos afasta-se do Chega após polémicas

© Eugénia Santos

Eugénia Santos, vice-presidente do Chega do distrito de Braga e candidata às últimas autárquicas, anunciou seu afastamento do partido após polémicas que envolvem Filipe Melo, líder distrital do partido.

Numa publicação na sua página de Facebook, Eugénia Santos refere que “o presidente da distrital insurgiu-se” contra a vice-presidente por ter “continuado a dar apoio ao presidente do partido” e que “deveria ser com a autorização” de Filipe Melo.

Considero que vivemos em liberdade e como tal, não tenho que dar satisfações do que escrevo ou digo a ninguém e, muito menos trabalhar em prol de quem não o quer fazer”, escreveu. 

Eugénia Santos demonstrou ainda o seu desagrado ao líder distrital “porque ao longo de toda a campanha eleitoral não obtivemos qualquer apoio” e referiu “a falta de trabalho da Distrital de Bragas que sempre se resumiu a fotos, comentários nas redes sociais, e convívios com outras distritais e jantares”, decidindo apresentar a sua demissão.

De acordo com a  vice-presidente, após a entrega das listas de deputados pelo circulo eleitoral de Braga, recebeu documentos que alegadamente incriminam Filipe Melo e decidiu entregá-los a André Ventura, presidente do partido do Chega. “Fiz o que achei ser mais correto pelo partido e pelo futuro do país”, disse Eugénia Santos.

A vice-presidente salientou que sai do partido “de consciência tranquila” e que continuará “a defender os ideais propostos pelo Chega”.

Eugénia Santos foi ainda suspensa por 90 dias pela Comissão de Ética do Chega após ter criticado Filipe Melo, na sequência de alegadas dívidas e casos judiciais que envolvem o líder distrital.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS