Quarta-feira, Junho 19, 2024
17.3 C
Braga
ReportagemBraga: Brácaros estão de regresso ao Festival Castro Galaico em Nogueiró

Braga: Brácaros estão de regresso ao Festival Castro Galaico em Nogueiró

© Angélica Antunes

Está aí mais uma edição do Festival Castro Galaico. O evento cultural, que liga os antigos povoados brácaros e a cultura galaica, decorre até sábado, no Monte de Nossa Senhora da Consolação, em Nogueiró, situado a dois minutos do Bom Jesus do Monte.

© Angélica Antunes

João Tinoco, presidente da União de Freguesias de Nogueiró e Tenões, explicou a importância de manter este festival para relembrar a história dos antepassados desta freguesia e de Braga.

© Angélica Antunes

“A capital da Galiza era Braga e o que nós pretendemos com este festival é reavivar essa memória que é ofuscada pelas manifestações romanas, uma vez que os romanos trouxeram à Península muita coisa boa, mas ofuscaram um pouco do que estava atrás e o que estava atrás também era muito importante. O que nós queremos é reavivar a memória que é esquecida dos que estavam antes dos romanos. Os brácaros conviveram com eles mas deram-lhe luta primeiro, mas depois não aguentaram e acabaram por desistir. Este castro aqui foi também romanizado porque era um castro importante a nível da região com as tribos dos brácaros que viviam aqui e que deram o nome a Braga. Isto foi esquecido, dizem que era Bracara Augusta, pois os romanos foram inteligentes e mantiveram o nome Bracara e dedicaram a Bracara dos celtas dos brácaros aos romanos”, contou o autarca.

O presidente realçou que, apesar das dificuldades existentes na realização deste festival, pretende dar continuidade ao evento. “Continuamos a teimar porque é difícil manter um festival deste género, uma vez que é um festival de entrada livre. É feito pela Junta de Freguesia, com o auxilio da Câmara Municipal de Braga, mas nós teimamos e queremos que isto se mantenha, mesmo quando esta Junta de Freguesia sair. Tivemos a ideia de fazer este festival e esperamos que se mantenha ao longo dos tempos”, sustentou João Tinoco.

© Angélica Antunes

O Festival Castro Galaico conta com recriações dos antigos povoados brácaros e da cultura galaica antes da invasão romana, assim como espetáculos musicais de música popular de artistas de Braga e da Galiza.

© Angélica Antunes

O evento arrancou na manhã desta quinta-feira com a apresentação do Castro Galaico da ELACH da Universidade do Minho e com as atuações musicais dos Canto D’Aqui, do Grupo de Música Popular da UMinho e dos Siga a Farra.

O evento é organizado pela União de Freguesias de Nogueiró e Tenões, em parceria com a Câmara Municipal de Braga, a Xunta de Galicia, a Antena 1, a Rede GaliLusofonia, a UMinho, o Grupo de Música Popular da UMinho e os Canto D’Aqui.

© Angélica Antunes

Programa

14 de julho (sexta-feira)

  • 21:30 – Tequexetéldere no Palco Antena 1
  • 22:30 – Bomboémia – Cerimónia Celta (Casamento Celta) no palco Capela
  • 23:00 – Daniel Pereira Cristo no palco Antena 1

15 de julho (sábado)

  • 17:00 – Apresentação do projeto ARitmar no interior da Capela
  • 18:00 – Apresentação do livro “A boca no ouvido de alguém” no interior na Capela
  • 19:00 – Canto polifónico pelas “Mulheres do Minho” no interior da Capela
  • 21:30 – Toque Braguez no palco Capela 
  • 23:00 – Sebastião Antunes & Quadrilha no palco Antena 1 
  • 00:30 – Leitura do Esconjuro e Queimada Galega

A reportagem teve o apoio à produção da União de Freguesias de Nogueiró e Tenões

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES