Domingo, Maio 26, 2024
18.9 C
Braga
BragaCDS Braga quer condições "mais dignas" para os Bombeiros

CDS Braga quer condições “mais dignas” para os Bombeiros

O partido anunciou que está solidário com os Bombeiros Voluntários de Braga na reclamação de mais e melhores condições de trabalho para os bombeiros portugueses.

© Bombeiros Voluntários de Braga

A Comissão Política do CDS de Braga anunciou que está solidária com os Bombeiros Voluntários de Braga na reclamação de mais e melhores condições de trabalho para os bombeiros portugueses.

A Liga dos Bombeiros Portugueses apresentou, na anterior legislatura, propostas que “permitiriam maior qualidade e estabilidade para as várias corporações de Bombeiros Voluntários do país”. Perante isto os centristas salientam que “a atividade é, atualmente, muito mais técnica”. “Há também uma maior qualidade no serviço prestado, o que, apesar de constituir uma vantagem, acaba por afastar muitos jovens. As exigências são crescentes, a responsabilidade da missão é muito maior e arriscada. Acresce o escrutínio da sociedade relativamente à atividade ‘voluntária’ e não remunerada dos bombeiros. Este fator confere um peso superior à missão”, referem os centristas.

A Liga dos Bombeiros Portugueses reclama que a lei seja cumprida no que se prende com “a constituição do regime jurídico dos contratos de trabalho entre as associações humanitárias de bombeiros e o pessoal integrado no quadro de comando e no quadro ativo do respetivo corpo de bombeiros que exerce funções remuneradas”.

“Outra das exigências/necessidades – já apresentada ao anterior Governo – é a de garantir que as associações humanitárias de bombeiros, no continente, sejam devidamente financiadas para os seus fins. Reclamam ainda que seja alterado o anexo B da tabela n.o 3 da Diretiva Financeira 2024, asseverando o valor de 4,73 euros hora para os bombeiros e de 8,90€ para os elementos de comando, garantindo o valor previsto com referência à tabela remuneratória única da administração pública, nível 19”, refere Altino Bessa, vereador municipal e presidente da Comissão Política da Concelhia de Braga, que se diz “totalmente favorável àquilo que considera não serem exigências, mas sim necessidades urgentes e que já deveriam estar em vigor”.

“O anterior Governo optou por usar o ‘véu da ignorância’ e não dar importância às necessidades básicas elencadas pela Liga dos Bombeiros Portugueses. É do conhecimento de todos, ou deveria ser, que os Bombeiros Voluntários têm um papel preponderante e imprescindível no país. Fazendo uma espécie de reflexão a nível local, devo afirmar que os Bombeiros Voluntários de Braga – Associação Humanitária e Beneficente desempenha um trabalho assaz relevante na segurança da população. Quando ouvimos o termo ‘Bombeiros’ a primeira ideia que nos surge é o combate a incêndios. Contudo, hoje em dia, ser Bombeiro Voluntário vai muito para além do combate às chamas”, sustenta Altino Bessa.

P”ara quem desconhece, o corpo de Bombeiros Voluntários desenvolve uma série de respostas alargadas e até multidisciplinares como, por exemplo, transporte diário de doentes e sinistrados urgentes; transporte de doentes para consultas, hemodiálises e recuperação funcional. Só assim é possível garantir coesão e equidade de serviços à comunidade. O município de Braga tem feito um trabalho bastante cimentado em parceria com os nossos Bombeiros Voluntários. Enquanto vereador da Proteção Civil, posso afirmar que a população bracarense pode estar orgulhosa do trabalho exemplar e incansável realizado por toda a equipa de Bombeiros. Agora, com um novo quartel e com o apoio do município, terão melhores condições logísticas. No entanto, espera-se muito mais. E este ‘muito mais’ tem de ser alavancado pelo Governo Central. Há mais de dezassete anos que a Liga de Bombeiros Portugueses manifesta as necessidades elencadas. Já esperaram demasiado tempo por direitos que, na nossa ótica, são básicos e fundamentais para garantir a estabilidade humana da instituição”, reforça o centrista.

Altino Bessa sublinha que “nós contamos com os Bombeiros, mas estes também contam com todos para, de uma vez por todas, conquistarem o que já reivindicam há tanto tempo. Enaltecemos a união e a resiliência já demonstrada pelos Bombeiros Voluntários. Um afincado empenho diário que consideramos louvável, não só pelo esforço financeiro a que estão sujeitos, mas também pelo esforço físico na medida em que, por serem cada vez menos, estão ainda mais sobrecarregados. O CDS de Braga estará sempre na linha da frente no apoio aos Bombeiros Voluntários porque esta é uma causa de todos nós. Esperamos respostas satisfatórias nos próximos tempos. Respostas que vão ao encontro das reais carências desta estrutura tão nobre”.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES