Sábado, Abril 13, 2024
19.4 C
Braga
BragaBraga alarga rede de protocolos do CED para controlar gatos errantes

Braga alarga rede de protocolos do CED para controlar gatos errantes

DR

O Município de Braga alargou a rede de protocolos do Programa CED – Capturar, Esterilizar, Devolver com a assinatura de um protocolo de colaboração com a Amigatos da Mikinha – Associação de Protecção Animal. O Programa CED permite realizar o controlo e redução do número de gatos errantes assilvestrados na cidade e diminuir os focos de insalubridade, ruído e odores produzidos.

Na cerimónia de assinatura do protocolo, realizada esta quarta-feira, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, destacou “a importância do trabalho destas associações que complementam a ação da Autarquia”. “O trabalho em rede tem sido extremamente importante para o sucesso deste programa na medida em que garante, não só o controlo da reprodução destes animais, como também a salvaguarda da saúde pública”, referiu Ricardo Rio.

Também Altino Bessa, vereador do Ambiente e do Bem-Estar Animal, salientou que o programa CED já permitiu a esterilização de mais de 4000 felídeos, “contribuindo para a redução de ninhadas indesejadas e animais abandonados no concelho”.

© CM Braga

“Estes resultados são possíveis graças a um sistema de gestão eficaz e ao apoio das associações locais e dos seus cuidadores, que diariamente asseguram a alimentação dos felídeos e monitorizam o estado das colónias”, acrescentou o vereador.

Entre as medidas de esterilização das colónias de felídeos por via do programa CED, constam, entre outras, a implementação de casas para gatos de rua; o estabelecimento de protocolos com associações de defesa animal do concelho; criação de parques caninos; acolhimento em instalações municipais e esterilização de animais abandonados ou errantes; protocolos de medicina veterinária social; campanhas de esterilização extraordinária para munícipes e campanhas de sensibilização contra o abandono de animais direccionadas para o público escolar.

No terreno, o programa CED á acompanhado pelas associações locais de protecção animal do concelho (Abandoned Pets, Abrigo da Luna, APPANIBRAG, Bragatos e, a partir de ontem a Amigatos da Mikinha) e pelos seus cuidadores, que são responsáveis por monitorizar o estado da colónia. Os animais mais jovens e dóceis são retirados das colónias e encontram-se disponíveis para adoção.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES