Sábado, Fevereiro 4, 2023
11.8 C
Braga
InícioRegiãoFafeBiblioteca Municipal de Fafe recupera leitores superando números de 2019

Biblioteca Municipal de Fafe recupera leitores superando números de 2019

© CM Fafe

Balanço 2022: Biblioteca Municipal de Fafe recupera leitores superando números de 2019Aposta do Município na aquisição de novidades editoriais e na realização de atividades capazes de atrair leitores e estimular o interesse pela leitura revelou-se bem sucedida

A pandemia travou a fundo quase todas as dinâmicas sociais e a atividade das bibliotecas não foi exceção. Em 2020 e 2021, o número de livros emprestados na Biblioteca Municipal de Fafe diminuiu cerca de 50 por cento em relação a anos anteriores. Não obstante, e com vista a superar esses resultados, em 2022 a Biblioteca trabalhou ativamente para melhorar a sua performance e os resultados já superaram o ano de 2019.

Com um total de 10.030 inscritos, 1.939 dos quais são novos leitores, a Biblioteca Municipal realizou, em 2022, 4336 empréstimos, mais 46 que em 2019, sendo que 40% das requisições foram efetuadas por adultos, 30% adolescentes e os restantes 30% foram crianças até aos 12 anos. Neste momento, a Rede de Bibliotecas de Fafe conta no total com 14.342 inscritos (10.030 na Biblioteca Municipal e 4.453 nas escolas).

Tal feito deve-se, sobretudo, à grande aposta que o Município levou a cabo, no último ano, na aquisição de novidades editoriais e na realização de atividades capazes de atrair leitores e estimular o interesse pela leitura. “Hora do Conto”, “Yoga com livros”, oficina de atividades experimentais, ateliês de expressão plástica ou sábados animados com atividades (música, poesia, magia, etc.) para famílias foram algumas das ações apresentadas e que em 2022 contaram com a presença de 1765 presenças de crianças do público pré-escolar.

A Biblioteca Municipal de Fafe está, assim, empenhada na recuperação dos seus leitores e na dinamização de atividades de promoção do livro e da leitura, um tema estruturante para a política cultural no concelho. O objetivo é o de crescer mais e atrair mais crianças, jovens, famílias e seniores ao espaço da Biblioteca Municipal.

A título de curiosidade, o utilizador com mais empréstimos domiciliários efetuados realizou um total de 86 requisições em 2022. No top de utentes com mais empréstimos por escalões etários, encontramos uma criança com menos de 12 anos que requisitou 52 livros ao longo do ano. A obra mais requisitada no ano passado, com 18 empréstimos, foi o livro infanto-juvenil “O estranhão” da autoria de Álvaro Magalhães e parte integrante do Plano Nacional de Leitura.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS