Sexta-feira, Junho 21, 2024
13.7 C
Braga
AtualidadeArqueologia da UMinho celebra 25 anos

Arqueologia da UMinho celebra 25 anos

© UMinho

A Universidade do Minho (UMinho) celebra os 25 anos da sua licenciatura em Arqueologia a 21 e 22 de setembro, com um encontro no auditório B2 do campus de Gualtar, em Braga. O evento conta com 30 oradores, além de 25 posters e de momentos culturais, sendo destinado aos (ex-)alunos e professores deste curso ímpar no país e também ao público em geral.

A abertura do “Encontro de Arqueologia” é na quinta-feira, às 09:00, com o vice-reitor para a Investigação e Inovação da UMinho, Eugénio Campos Ferreira, a vice-presidente do Instituto de Ciências Sociais, Maria José Caldeira e a diretora do Laboratório de Paisagens, Património e Território (Lab2PT), Fátima Ferreira. Vão também discursar o diretor do Departamento de História, Francisco Mendes, a diretora da licenciatura em Arqueologia e da Unidade de Arqueologia da UMinho, Maria do Carmo Ribeiro, e a representante deste encontro, Ana Maria Bettencourt.

Pelas 09:30 decorre a conferência “O papel da UMinho no desenvolvimento da arqueologia nacional”, pelos professores aposentados Manuela Martins e José Meireles. Seguem-se o corte do bolo das bodas de prata do curso, fotos de grupo e atuações musicais. Às 11:00 é a vez da conferência “O ensino da Arqueologia: que futuro?”, pelo diretor do Centro de Arqueologia da Universidade de Lisboa, Carlos Fabião, que no final está ao dispor para questões da plateia.

Após o almoço, o painel das 14:00 analisa o noroeste ibérico antes do surgimento da escrita, nomeadamente a arte rupestre, a sociedade da Idade do Bronze e as importações costeiras no I milénio a.C.. Duas horas depois, os posters científicos expostos vão focar diversos períodos históricos e geográficos, como a migração de hominídeos pelo deserto egípcio, o povoamento primitivo do vale do Côa, as vias romanas, a arquitetura medieval, a paisagem do Tâmega e os desafios da fotogrametria. Há também estudos de vestígios em locais específicos nesta eurorregião.

Para sexta-feira destaca-se a conferência sobre a ancestralidade das populações do Norte de Portugal, pelo arqueo-geneticista Pedro Soares (UMinho), e a conferência “Porto romano”, pelo historiador António Manuel Silva (UPorto). O dia engloba igualmente três painéis e um vídeo final sobre o percurso do curso homenageado.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES