Quinta-feira, Julho 18, 2024
17.3 C
Braga
AtualidadeUMinho debate crises do capitalismo e o legado de Engels

UMinho debate crises do capitalismo e o legado de Engels

Friedrich Engels © DR

O Instituto de Ciências Sociais (ICS) da Universidade do Minho, em Braga, acolhe esta sexta-feira, a partir das 10:00, o Colóquio Internacional “Crises do capitalismo: o legado de Friedrich Engels”, evocando o cofundador do socialismo científico, a par de Karl Marx. A iniciativa tem entrada livre e reúne oradores de vários países. O programa destaca ainda às 16:00 o lançamento do livro “Friedrich Engels – O burguês que inventou o marxismo”, do alemão Michael Krätke, agora traduzido para português por Manuel Carlos Silva e Fernando Bessa Ribeiro, da UMinho.

A sessão de abertura conta, da parte da UMinho, com a presidente do ICS, Paula Remoaldo, o coordenador local do Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais (CICS.NOVA.UMinho), Rodrigo Dominguez, que organiza o evento, e os diretores dos departamentos de Sociologia e de História, respetivamente Fernando Bessa Ribeiro e Francisco Mendes. Segue-se às 10:30 uma conferência sobre democracia associativa, a cargo de Veit-Michael Bader e Marcel Maussen, ambos da Universidade de Amsterdão (Países Baixos). Os comentários cabem a João Teixeira Lopes e Manuel Loff, da Universidade do Porto.

Michael Krätke, que está ligado ao International Institute of Social History (Países Baixos) e à Universidade de Tohoku (Japão), fala após o almoço sobre “o socialismo numa nova idade de catástrofes”. Segue-se a apresentação do seu livro, comentada por Francisco Mendes, Susana Silva e Carlos Gomes, da UMinho. O encontro fecha com uma palestra sobre a democracia, a educação e o socialismo na atualidade, por Licínio Lima, também da UMinho.

Este evento é complementar ao organizado em 2018 por vários centros de investigação desta academia (CICS.NOVA.UMinho, CICP, CIEd,  Lab2PT e NIPE) e centrado no legado do alemão Karl Marx (1818-1883), por ocasião do seu bicentenário. Marx fundou o materialismo histórico e dialético, tendo em Friedrich Engels (1820-1895) o coautor da análise do funcionamento e das contradições do modo de produção capitalista, da elaboração do Manifesto do Partido Comunista e o companheiro no impulso dado à criação da Associação Internacional de Trabalhadores – I Internacional.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES