Segunda-feira, Maio 27, 2024
16.6 C
Braga
ReportagemSão Vicente hasteou primeira Bandeira Verde Eco-Freguesia do concelho de Braga

São Vicente hasteou primeira Bandeira Verde Eco-Freguesia do concelho de Braga

© Sandra Antunes

A freguesia de São Vicente celebrou, na manhã desta sexta-feira, o hastear da primeira Bandeia Verde Eco-Freguesia do concelho de Braga. O Galardão Verde Eco-Freguesias distinguiu São Vicente pelas melhores práticas de sustentabilidade no ano de 2023.

A cerimónia contou com a presença de Daniel Pinto, presidente da Junta de Freguesia de São Vicente, Altino Bessa, responsável pelo pelouro do Ambiente da Câmara Municipal de Braga, Arlindo Sousa, diretor do Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Sanches, Tony Reis, vogal da Junta de Freguesia de São Vicente e da comunidade escolar da freguesia, que entregou alguns trabalhos alusivos ao tema.

© Sandra Antunes

Daniel Pinto regozijou-se com a entrega do galardão, frisando que pretende dar continuidade ao trabalho para ajudar o meio ambiente. “Sentimo-nos tremendamente orgulhosos porque conseguimos obter este desígnio de ser a única Eco-Freguesia no concelho de Braga. Isto traduz-se num trabalho que temos vindo a fazer que são minimizar aquilo que são os impactos do ambiente e aquilo que têm sido as nossas iniciativas. Temos vindo a consciencializar a população, assim como a comunidade escolar para práticas mais sustentáveis. Tivemos que integrar na candidatura todas as nossas atividades. Temos como exemplo, na realização das nossas conferências de imprensa, não temos garrafas de plástico mas copos e garrafas de vidro para transmitir à comunidade que adotamos estas medidas”, disse o autarca.

O presidente convidou a comunidade escolar a estar presente nesta cerimónia, uma vez que “as atividades têm sido imensas”, dando o exemplo de trabalhos realizados com materiais reutilizáveis, e porque “as crianças são a nossa geração futura”. “Aguardámos este momento para hastear a bandeira e escolhemos esta altura porque queríamos envolver a comunidade educativa. Estávamos à espera que o ano letivo arrancasse e que tranquilizasse um bocadinho para poder trazer as crianças a esta cerimónia”, explicou Daniel Pinto.

© Sandra Antunes

Altino Bessa referiu que o júri da ABAE tem 36 elementos para fazer a avaliação das candidaturas da Bandeira Verde do Eco-Freguesias XXI e que Braga ficou classificada acima dos 80%. “Este é o único galardão em que é feito uma análise de 21 itens que é trabalhado internamente dentro da Câmara Municipal e é único a nível nacional com credibilidade em Portugal”, disse.

O vereador desafiou todas as freguesias do concelho de Braga a efetuarem candidaturas em janeiro porque “cada município quer ficar bem classificado”.

“Só uma freguesia de Braga venceu o galardão. É preciso ter trabalho e fundamentar muito bem a candidatura para que ela possa sair vencedora. É a primeira vez que temos uma freguesia galardoada com este título e fico muito satisfeito que seja em São Vicente. Daniel Pinto conseguiu fazer uma candidatura muito bem feita que conseguiu atingir este nível de excelência de ser a primeira freguesia. Vamos voltar a desafiar todas as freguesias para em janeiro apresentarem as suas candidaturas ao Eco-Freguesias“, sustentou Altino Bessa.

© Sandra Antunes

A entrega dos galardões decorreu em Miranda do Corvo no mês de julho onde foram entregues 131 bandeiras verdes, numa edição em que participaram 221 freguesias, mais 63 por cento do que em 2021. Braga surge no topo dos distritos com mais candidaturas formalizadas.

No concelho bracarense, a União de Freguesias de São Lázaro e São João do Souto, assim como a União de Arentim e Cunha candidataram-se ao galardão, não tendo sido distinguidas.

As inscrições das candidaturas das freguesias do concelho contaram com o apoio do Município de Braga.

O Eco-Freguesias é um projeto da ABAE iniciado em 2014, que visa trabalhar com as freguesias no sentido do desenvolvimento de eco-comunidades ou comunidades sustentáveis. 

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES