Domingo, Outubro 17, 2021
20 C
Braga
InícioBragaRicardo Rio quer transformar Fábrica Confiança em residência universitária no espaço de...

Ricardo Rio quer transformar Fábrica Confiança em residência universitária no espaço de dois anos

© Juntos por Braga

Ricardo Rio, candidato da coligação “Juntos por Braga” à Câmara Municipal, disse hoje que quer transformar a Fábrica Confiança em residência universitária “no espaço de dois anos. O candidato afirmou que a recuperação patrimonial da antiga Fábrica da Confiança e a construção no terreno anexo de uma residência universitária “será eixo de ligação entre o centro da cidade de Braga e a Universidade”.

Durante uma visita ao espaço, Ricardo Rio apontou que “dentro de dois anos o espaço ficará pronto, até porque já há trabalho de casa feito”. Acompanhado pelo reitor da Universidade do Minho, Rui Vieira de Castro, pela presidente do Instituto Politécnico do Cávado e Ave (IPCA), Maria José Fernandes, e pelo presidente da Associação Académica da Universidade do Minho, Rui Oliveira, o candidato da coligação “Juntos Por Braga” referiu que “este será um projeto estruturante para a cidade e para as instituições do Ensino Superior da região, colmatando uma necessidade e criando uma nova centralidade para a cidade”.

Os responsáveis da Universidade do Minho e do IPCA sublinharam que o projeto é “fundamental para dar resposta à constante necessidade de camas para universitários”.

“É um desafio muito importante para a universidade e dá uma resposta eficaz a um problema que existe desde há muitos anos. E este espaço será importante para dar aos estudantes outro tipo de valências, como cultural ou formativas. Será um novo polo da cidade e uma grande oportunidade e com condições únicas para estudantes”, disse Rui Vieira de Castro.

Já Maria José Fernandes reconhece que o espaço “vai resolver uma oferta de camas que vínhamos a ter e que não estávamos a conseguir dar resposta, sobretudo depois da instalação do novo polo na cidade de Braga”.

Por seu turno, Rui Oliveira salientou que “esta era uma reivindicação antiga da associação de estudantes, pois são precisas camas para os estudantes e esta residência será fundamental também para apoiar a ligação entre os estudantes e a cidade”, reforçando que este é um “projeto que faz todo o sentido e que tem que ser executado”.

Ricardo Rio disse que “tínhamos um projeto que já visava a criação de residências universitárias no espaço. Por isso, e após diálogo com a Universidade do Minho e IPCA, os ajustes foram rapidamente realizados e acreditamos que dentro de dois anos este espaço estará em funcionamento”.

O candidato da coligação não tem dúvidas que “o projeto tem duas importantes dimensões: a recuperação patrimonial e a resposta à procura de camas para o Ensino Superior”.

“As 600 camas para aqui previstas não resolvem por completo a necessidade da habitação universitária, mas será um gigante reforço do número de camas disponíveis em Braga. Por outro lado, a recuperação patrimonial do espaço vai ser criar novas valências e serviços”.

“É um projeto que será realizado a curto prazo, estar iminente abertura do aviso ao abrigo do PRR no plano de dotação de mais camas para o Ensino Superior que o Ministro e Governo anunciaram. Braga é mesmo prioridade na criação de mais camas. Acreditamos que este projeto tenha luz verde em termos de funcionamento nos próximos dois anos”, sublinhou o candidato à Câmara de Braga.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS