Terça-feira, Julho 16, 2024
16.2 C
Braga
RegiãoVila Nova de FamalicãoPresidente da Câmara de Famalicão  entregou diplomas a 225 famalicenses

Presidente da Câmara de Famalicão  entregou diplomas a 225 famalicenses

© CM Famalicão

Bruno Moreira, ex-jogador profissional de futebol, foi uma das 225 pessoas de Famalicão que esta segunda-feira receberam o diploma de certificação e validação de competências, concluindo dessa forma o 12.º ano “estudos que ficaram suspensos quando comecei a jogar futebol”. Finalizada a carreira desportiva, sentiu a necessidade de voltar à escola “para validar competências, continuar a estudar e acrescentar formação para dar passos seguros no futuro” e o processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) foi a forma que encontrou para voltar a estudar “e foi muito compensador” disse o jogador, que fez percurso por vários clubes da Primeira Liga como Rio Ave, Chaves ou Moreirense.

Desde 2015, ano em que entrou em funcionamento, o Centro Qualifica de Vila Nova de Famalicão já permitiu a 1286 famalicenses melhorarem as suas competências e qualificações através do processo de RVCC.

“Famalicão tem vindo a dizer como se faz e o trabalho deste Centro Qualifica tem servido de referência para outros centros existentes no país, porque o que aqui tem sido feito na orientação e requalificação profissional é de excelência”, apontou o secretário de Estado da Educação, António Leite.

Entre os adultos que receberam o diploma de certificação de conclusão do processo de RVCC, há quem tenha concluído o ensino básico, o ensino secundário ou quem tenha obtido a certificação em ações de formação qualificante de nível quatro.

“É um processo que permite aos famalicenses aumentar as suas qualificações, que muitas vezes são sinónimo de evolução na carreira profissional e no projeto de vida”, salientou o presidente de Câmara de Famalicão, Mário Passos.

“A aprendizagem ao longo da vida e a abertura ao conhecimento são fundamentais para o futuro e estes cerca de 200 famalicenses que aumentaram as suas qualificações são um bom exemplo porque, ao melhorarem as competências, com mais qualificação, qualificam ainda mais o território e esta vontade, estes números, deixam-nos muito satisfeitos e orgulhosos”, acrescentou o autarca.

Mário Passos lembrou a aposta do Município na Educação “que para nós é uma prioridade estratégica, por entendermos que a criação e valorização do talento são fundamentais para o nosso futuro coletivo”.

O autarca mostrou-se satisfeito por ver o Centro Qualifica de Famalicão ser reconhecido quer pelo secretário de Estado da Educação, quer pela presidente da Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional, Filipa Jesus, “como uma referência nacional no que está a ser feito na qualificação e requalificação profissional, valorizando o conhecimento, a ciência, a tecnologia e a inovação”.

Recorde-se que o Centro Qualifica de Vila Nova de Famalicão resulta da articulação entre a Câmara Municipal de Famalicão com as entidades parceiras da Rede Local de Educação e Formação e é uma estrutura especializada na qualificação, totalmente gratuita, sendo a porta de entrada em percursos de aprendizagem ao longo da vida e qualificação dos adultos. Desde a sua criação, foram mais de 10 mil os famalicenses acompanhados e encaminhados para ofertas formativas qualificantes através do Centro Qualifica.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES