Terça-feira, Julho 16, 2024
21.1 C
Braga
PaísPortugueses pouparam em média 47% por mês em 2023 ao transferir crédito...

Portugueses pouparam em média 47% por mês em 2023 ao transferir crédito habitação

© Freepik

Em 2023, os portugueses conseguiram baixar em cerca de 47% os seus encargos mensais com créditos, segundo dados da intermediária de crédito Gestlifes.

Muitos dos casos analisados envolveram transferir o crédito habitação, fixando a taxa de juro, negociando o spread contratado e contratando o seguro de vida fora do banco. As situações com maior poupança aconteceram quando os clientes tinham cartões de crédito ou créditos pessoais por pagar.

Foram, no total, mais de 1.300 pedidos para reduzir o impacto da Euribor e baixar a taxa de esforço com as despesas ao banco.

Segundo João Pereira, CEO da Gestlifes, “2023 foi um ano em que os pedidos de ajuda das famílias dispararam. Muitos clientes viram a prestação da casa duplicar, pelo que a transferência de crédito foi uma solução muito procurada”.

Para um cliente com um crédito habitação de 150.000 euros a 40 anos, indexado à Euribor a 12 meses, a prestação passou de 379 euros para 763 euros, no ano passado.

“Em muitas das situações, ao fazermos uma consolidação que inclua um crédito habitação, conseguimos passar os encargos mensais para metade do valor, com poupanças na ordem dos 50%”, acrescenta João Pereira.

A Gestlifes recebeu mais de 70.000 pedidos de financiamento, entre crédito ao consumo, crédito habitação e transferência.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES