Sexta-feira, Setembro 17, 2021
16.6 C
Braga
InícioDesportoAtletismoParalímpicos: Carina Paim garante 4.º lugar nos 400m T20

Paralímpicos: Carina Paim garante 4.º lugar nos 400m T20

© CPP/Carlos Alberto Matos

O sétimo dia de competição dos Jogos Paralímpicos de Tóquio teve como centro da ação portuguesa a prestação de Carina Paim no Estádio Nacional de Tóquio. A velocista de 22 anos conquistou o 4.º lugar nos 400m T20 com 58.83 segundos e o respetivo diploma paralímpico para Portugal, numa prova em que o recorde do mundo foi batido pela americana Breanna Clark com 55.99 segundos.

“Na eliminatória de ontem vi a luzinha do bronze e hoje lutei bastante por essa medalha, mas infelizmente não foi possível. O quarto lugar nos Jogos Paralímpicos acaba por ser um bom resultado, regresso a Portugal de consciência tranquila porque dei tudo e com a certeza de que vou trabalhar muito para em Paris 2024 estar no topo da classificação”, afirmou Carina Paim.

Na vertente masculina dos 400m T20, Sandro Baessa conseguiu o 7.º lugar e respetivo diploma paralímpico na final da especialidade com a marca de 48.79 segundos que é novo recorde nacional. “Estou muito feliz, não estava à espera de bater o recorde nacional. Agora é continuar a treinar para melhorar as marcas pessoais, a capacidade dos adversários deve servir de motivação para trabalhar ainda mais”, realçou Sandro Baessa.

Também em grande plano esteve André Ramos. O jogador de Boccia de 25 anos venceu Mikhail Gutnik do Comité Paralímpico Russo por 4-2 nos quartos-de-final de individuais BC1 e garantiu o apuramento para a fase seguinte num jogo bem disputado e repleto de emoção. Pouco mais de duas horas mais tarde, André Ramos regressou ao palco principal do Centro de Ginástica Ariake para defrontar o malaio Chew Wei Lun, tendo desta feita sido derrotado por 9-5. O resultado coloca o jovem atleta português na discussão da medalha de bronze contra José Chagas (BRA) em partida a disputar amanhã, 1 de setembro, a partir das 2:40 horas portuguesas.

Também no atletismo, Hélder Mestre concluiu a final dos 200m T51 em 6.º lugar com o tempo de 42.75 segundos e conquistou o terceiro de quatro diplomas paralímpicos para Portugal no dia de hoje. A meritória distinção foi também assegurada pelo ciclista Luís Costa no contrarrelógio de 24 km da classe H5 com o 7.º lugar da geral e o tempo de 42:42.18 minutos. Na mesma prova de ciclismo disputada no Circuito Internacional de Fuji mas na classe C2, Telmo Pinão posicionou-se no 11.º lugar com o registo de 41:56.90 minutos. Já no Centro Aquático de Tóquio a nadadora Susana Veiga fechou a sua primeira participação paralímpica com o 10.º lugar nas eliminatórias dos 100m livres S9 com a marca de 01:04.88 minutos.

Com os resultados de hoje, Portugal soma uma medalha de bronze, 10 diplomas e 6 recordes nacionais nestes Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.

O dia de amanhã, 1 de setembro, abre com a prova em linha de 79.2 km de Luís Costa na classe H5 logo às 1:30 horas de Portugal. André Ramos disputa o bronze em individuais BC1 de Boccia a partir das 02:40 horas contra José Chagas (BRA) e a jornada diária termina com a estreia paralímpica de Beatriz Monteiro no primeiro jogo da fase de grupos de individuais da classe SU5 de Badminton contra a holandesa Megan Hollander, às 10:40 horas de Portugal.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS