PAN questiona o Governo sobre a ausência de orientações para o Desporto Adaptado
Terça-feira , Dezembro 1 2020 Periodicidade Diária nº 2652
Principal / Desporto / PAN questiona o Governo sobre a ausência de orientações para o Desporto Adaptado

PAN questiona o Governo sobre a ausência de orientações para o Desporto Adaptado

O Grupo Parlamentar do PAN questionou Tiago Brandão Rodrigues, ministro da Educação, com a tutela do Desporto, e Marta Temido, ministra da Saúde, sobre a ausência de referência ao desporto adaptado nas orientações “Desporto e Competições Desportivas” divulgadas pela Direção-Geral de Saúde (DGS).

“Pretendemos que o Governo venha, desta forma, proceder ao cabal esclarecimento sobre quais as razões pelas quais não houve lugar à inclusão das modalidades de Desporto Adaptado na Orientação nº036/2020 de 25 de agosto, bem como perceber, por outro lado, para quando podemos esperar essas orientações”, salienta Bebiana Cunha, deputada do PAN.

Também José Lourenço, presidente do Comité Paralímpico de Portugal, veio a público referir com preocupação, que as normas da DGS para o regresso à atividade desportiva não só “não respondem às necessidades do desporto, como também colocam em causa a viabilidade do próprio desporto e ignoram completamente o desporto para deficientes, a maioria das quais estão em grupos de risco”.

Como sublinha a deputada do PAN, “para além das questões relacionadas com a promoção da saúde e bem-estar geral dos indivíduos, o desporto é uma ferramenta fundamental de inclusão social. São reconhecidos os ganhos significativos ao nível da confiança, auto-estima, competências de socialização e autonomia. Mas estes desportos tem ainda um outro papel igualmente relevante: o de sensibilizar a sociedade para as capacidades e potencialidades das pessoas com deficiência, promovendo uma melhor integração destas pessoas nos diversos sectores sociais”.

Port fim, Bebiana Cunha reitera que “o PAN espera que o Governo venha também dar nota sobre o número de atletas de desporto adaptado federado em Portugal, assim como sobre qual a estratégia delineada para o apoio das associações e organizações ligadas ao desporto adaptado, dadas as dificuldades económicas acrescidas por que passam devido à Covid-19”.