Sexta-feira, Maio 27, 2022
20.8 C
Braga
InícioBragaMaioria absoluta e Ucrânia em destaque no plenário concelhio do PSD Braga

Maioria absoluta e Ucrânia em destaque no plenário concelhio do PSD Braga

© PSD

O PSD Braga retomou na sexta-feira, no Hotel Mercure, os habituais plenários concelhios, promovendo o debate aberto entre militantes do partido que, depois de um interregno devido à pandemia, abordaram a nova maioria absoluta da coligação “Juntos por Braga”, assim como os resultados das eleições legislativas.

A guerra na Ucrânia foi o tema da noite. João Granja, presidente da Comissão Política da Secção de Braga, lembrou as vítimas da pandemia e alguns dos militantes do PSD entretanto falecidos.

Nesta reunião ordinária, João Granja sublinhou a terceira maioria absoluta conquistada pelo partido nas recentes eleições autárquicas. “Tendo em conta todas as circunstâncias, julgo que termos alcançado uma terceira maioria consecutiva pelo PSD e pela coligação é motivo de grande orgulho. É um voto de confiança inequívoco dos bracarenses depositado no projeto liderado por Ricardo Rio, que está à frente, de forma exemplar, dos destinos do Município”, disse, manifestando “um especial agradecimento a Ricardo Rio pelo árduo trabalho que tem protagonizado”.

No encalço dos resultados das eleições legislativas, João Granja sublinhou “a importante eleição do deputado Firmino Marques”, não escondendo que “a nível nacional os resultados que o PSD ambicionava eram outros” e que “ficam aquém do desejado”.

“Em Braga, a campanha correu bastante bem, com uma grande recetividade por parte das pessoas e das instituições às nossas ações que contaram com um grande empenho do nosso candidato Firmino Marques, que continuará a defender os interesses dos portugueses e dos bracarenses em especial”, disse.

Ricardo Rio, a propósito das eleições autárquicas, começou por agradecer “a todos os candidatos aos órgãos municipais” que “permitiram ao PSD ter uma grande vitória”. Para o presidente da câmara, “este é um resultado que advém de muito trabalho”.

“Esta garantia de uma governação estável na Câmara Municipal e o excelente trabalho dos representantes da coligação na Assembleia Municipal vêm dar sequência a um ciclo, nos últimos vinte anos, de afirmação e de representatividade do partido na sociedade. Hoje, ao contrário do que acontecia há 20 anos, o PSD é a força mais representativa da sociedade bracarense”, salientou o autarca.

O conflito na Ucrânia marcou o plenário concelhio, com a Comissão Política a propor um voto de solidariedade pela Ucrânia e, por sua vez, a Juventude Social Democrata de Braga a propor um voto de condenação pela invasão russa. Ambos os votos foram aprovados por unanimidade.

“O PSD é e sempre foi um partido humanista, incondicionalmente favorável à promoção da paz mundial e do desarmamento geral e universal, como se lia no seu original programa de 1974”, proferiu João Marques, líder dos sociais-democratas na Assembleia Municipal Braga, apelando “ao fim do conflito, que está, sobretudo, nas mãos da Rússia e, mais especificamente, do seu presidente. A retirada das forças russas do território soberano da Ucrânia é uma condição essencial para a pacificação das relações com a Ucrânia e o estabelecimento das condições mínimas para a progressiva normalização das relações diplomáticas, económicas e institucionais com a Rússia”.

Num momento emotivo, os sociais-democratas fizeram um minuto de silêncio pelas vítimas na Ucrânia. Numa noite longa, houve ainda tempo para a aprovação das contas referentes a 2021 e orçamento para 2022 da Secção de Braga do PSD.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS