Hospital de Braga vai garantir igualdade salarial e laboral a todos os colaboradores
Sábado , Outubro 24 2020 Periodicidade Diária nº 2614
Principal / Braga / Hospital de Braga vai garantir igualdade salarial e laboral a todos os colaboradores

Hospital de Braga vai garantir igualdade salarial e laboral a todos os colaboradores

A Administração do Hospital de Braga vai repor a igualdade salarial e laboral a todos os colaboradores, assinando acordos coletivos de trabalho com as estruturas sindicais.

O PCP saudou esta decisão, afirmando que “depois de vários meses de luta, os trabalhadores viram reconhecida a sua razão. A injustiça que agora termina era ainda lastro da antiga PPP entregue aos ‘Mello’, entretanto recuperada para a esfera pública graças às exigências de utentes e trabalhadores, com resultados positivos já comprovados”.

“Na altura da mudança, os trabalhadores contratados foram-no através de contratos individuais de trabalho tendo grande parte já visto os seus contratos alterados para contratos coletivos de trabalho. No entanto, Assistentes Operacionais, Assistentes Técnicos e Técnicos Superiores não tinham sido considerados. Uma das situações de desigualdade era que trabalhando 35 horas considerava-se injustamente que trabalhavam em tempo parcial, não recebendo um salário completo, como acontecia com outros trabalhadores do mesmo hospital”, acrescenta o PCP.

O PCP havia já sublinhado que na transição para a gestão pública era responsabilidade do Governo garantir a aplicação das carreiras gerais a todos os trabalhadores, “evitando estas situações de desigualdade e injustiça”. “Tendo acompanhado esta situação desde o início, o PCP interveio na Assembleia da República com perguntas ao Governo, visitas e reunião com a Administração do hospital. Foi por diversas vezes ativamente demonstrada a nossa solidariedade com a justa luta destes trabalhadores. Este resultado agora alcançado só foi possível com o empenhamento dos trabalhadores e do seu sindicato, que não baixaram os braços nem viraram as costas à luta, ficando mais uma vez assim demonstrado que a luta vale a pena”, finalizou.

Recorde-se que o Hospital de Braga foi gerido pelo Grupo Mello Saúde até 31 de agosto de 2019, passando nessa data a gestão para a esfera pública.