Sexta-feira, Maio 24, 2024
24.3 C
Braga
PaísSegurança RodoviáriaGNR inicia operação de segurança e patrulhamento no MotoGP

GNR inicia operação de segurança e patrulhamento no MotoGP

Entre 22 e 24 de março.

© KTM

A GNR, entre os dias 22 e 24 de março, realiza uma operação de segurança e de patrulhamento rodoviário intensivo, a fim de garantir a segurança do evento Moto GP e de prevenir a sinistralidade rodoviária envolvendo veículos de duas rodas a motor.

Esta operação terá especial incidência nos distritos de Aveiro, Beja, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Leiria, Lisboa Porto, Santarém Setúbal e Faro.

“Na sequência do evento MotoGP Portugal, que se realiza no Autódromo Internacional do Algarve (AIA), em Portimão, de 22 a 24 de março, prevê-se um aumento significativo do volume de tráfego de motociclos nas principais vias de acesso ao Algarve. Adicionalmente, é expectável um aumento do tráfego em geral, rumo ao sul do país”, informou a GNR.

A Guarda realiza a operação de segurança e de reforço do patrulhamento rodoviário intensivo ao evento Moto GP com o objetivo de “manter a ordem e a tranquilidade pública, assegurar a fluidez de tráfego nos acessos e garantir a segurança do evento”. Considerando que “o combate à sinistralidade rodoviária é uma prioridade estratégica da Guarda e com o objetivo de criar maior segurança nas vias rodoviárias”, esta operação irá promover uma sinergia de esforços das valências de trânsito e territorial com o objetivo de “prevenir a sinistralidade rodoviária grave envolvendo veículos de duas rodas, promovendo para o efeito diversas ações de sensibilização e uma intensificação do patrulhamento rodoviário, com a dupla finalidade da segurança do evento MotoGP e de prevenir a sinistralidade rodoviária, sobretudo a que envolve veículos de duas rodas a motor”.

Na área de responsabilidade da Guarda, no ano de 2023 registaram-se 84.600 acidentes, dos quais resultaram 408 vítimas mortais, 1.859 feridos graves e 25.343 feridos leves. Destes números, destaca-se o registo de 7.320 acidentes de viação que envolveram veículos de duas rodas, dos quais resultaram 127 vítimas mortais,  688 feridos graves e 5.632 feridos leves.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES