Domingo, Setembro 19, 2021
18.2 C
Braga
InícioRegiãoVila Nova de FamalicãoFamalicão: Seide, Castelões, Ruivães e Novais vão receber apoio governamental

Famalicão: Seide, Castelões, Ruivães e Novais vão receber apoio governamental

© CM Famalicão

As freguesias de Famalicão de Seide, Castelões, Ruivães e Novais vão ter projetos de economia circular financiados pelo Fundo Ambiental “Economia Circular em Freguesias (JUNTAr+)”, uma iniciativa governamental que, através do Ministério do Ambiente e da Ação Climática, apoia projetos de economia circular nas Juntas de Freguesia. As freguesias estão entre as 19 elegíveis para financiamento, de um total de 48 candidaturas admitidas para avaliação, estando definida uma comparticipação estatal fixa no valor de 31.250 euros, por projeto, o que corresponde a um cofinanciamento de 85% pelo Fundo Ambiental.

Nesta 3ª edição do JUNTAr+, criado em 2018, no âmbito do Plano de Ação para a Economia Circular (PAEC), o foco foi para a implementação de soluções locais de economia circular que incidam no sector da construção, nos têxteis, no mobiliário pós-consumo e nos equipamentos elétricos e eletrónicos com potencial de reutilização. No caso do concelho de Vila Nova de Famalicão, foram contemplados os projetos: «Pano p’ra Mangas – Têxteis a Circular» das freguesias de Seide S. Miguel e S. Paio, «4 R’s – Recuperação, Renovação e Reutilização de Roupa» da freguesia de Castelões, «Cápsula Circular» das freguesias de Ruivães e Novais.

Os projetos, aprovados serão desenvolvidos pelas respetivas Juntas de Freguesia juntamente com parceiros estratégicos locais. Dentro das iniciativas previstas, é possível verificar a realização de Oficinas de Conservação, Recuperação e Transformação de Roupas e Tecidos Usados e Ateliers de Reaproveitamento de Roupas e Têxteis, a criação do Banco de Roupa e realização do Mercado de Trocas, para enumerar algumas delas. A par destas ações, está, de igual modo, prevista a reabilitação de espaços desocupados nas freguesias abrangidas, para servirem de recurso de apoio à concretização das atividades previstas na candidatura.

Refira-se que o programa “Economia Circular em Freguesias (JUNTAr+)” visa conceder apoio financeiro a projetos no âmbito da economia circular em freguesias portuguesas, evidenciando as preocupações das comunidades no que refere ao uso eficiente dos recursos locais e potenciar a aproximação dos agentes comunitários em torno deste tema. Com este apoio, o Ministério do Ambiente e da Ação Climática pretende incentivar a implementação de soluções de economia circular que demonstrem benefícios económicos, sociais e ambientais.

Nas edições anteriores, foram contemplados neste fundo os projetos “Aldeia Circular” (2018) em Seide, “Reciclagem e Reutilização de Produtos de Apoio – Sem Fim” (2018) em Brufe e “Contigo Vale Mais – Compostagem para Valorização Ambiental” em Esmeriz e Cabeçudos (2019).

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS