Sábado, Abril 20, 2024
13.9 C
Braga
RegiãoVila Nova de FamalicãoFamalicão inaugurou nova Estação Ferroviária

Famalicão inaugurou nova Estação Ferroviária

© CM Famalicão

Famalicão inaugurou a  nova Estação Rodoviária, apontada pelo presidente da Câmara Municipal como “um equipamento moderno, confortável e multifuncional, que vem criar condições para um melhor e mais eficiente serviço de transportes públicos no concelho”.

A inauguração do novo equipamento, que implicou um investimento de 4.1 milhões de euros, decorreu esta quinta-feira, com a presença do autarca famalicense, Mário Passos, do presidente da Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN), António Cunha, e de várias centenas de famalicenses.

Para além de servir de base ao transporte público rodoviário no concelho, o espaço está equipado com um conjunto de serviços municipais direcionados para as áreas da Mobilidade, Juventude, Educação, Seniores, Saúde e Empreendedorismo, com duas salas de estudo, espaço dedicado aos seniores, entre outros.

Conta ainda com zonas comerciais – algumas delas ocupadas por projetos criados e apoiados pelo Famalicão Made IN – e espaços associativos entregues a instituições e coletividades locais, como é o caso da associação juvenil YUPI, da Associação de Deficientes das Forças Armadas, do Famalicense Atlético Clube, do Atlético Voleibol Clube e do Agrupamento de Centros de Saúde do Ave – Famalicão.

Mário Passos fala num investimento que representa “um grande passo na modernização de Famalicão” e no seu posicionamento como um território amigo das pessoas e do ambiente.

O autarca considera que a “nova Estação Rodoviária é mais um exemplo da aposta que o município tem feito na melhoria do serviço de transporte público rodoviário no concelho, recordando o concurso público internacional atualmente aberto para a criação de uma nova rede de transporte público em articulação com os municípios da Trofa e Santo Tirso, num investimento intermunicipal na ordem dos 80 milhões de euros”.

António Cunha enalteceu o “profundo processo de transformação” que Vila Nova de Famalicão está a viver, apontando o município famalicense como “um excelente exemplo de como se podem usar os fundos europeus, com investimentos que incrementam a qualidade de vida dos cidadãos”.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES