Sábado, Maio 28, 2022
27.8 C
Braga
InícioRegiãoVila Nova de FamalicãoFamalicão apresenta Relatório de 2021 com resultados positivos

Famalicão apresenta Relatório de 2021 com resultados positivos

CM Famalicão

“Fomos um município que esteve à altura dos desafios e sempre ao lado das pessoas e do tecido cívico famalicense”. Com uma taxa de execução da receita de 95% e da despesa de 80%, o Município de Vila Nova de Famalicão fechou o ano de 2021. O Relatório de Gestão 2021 é sujeito à aprovação do executivo municipal na próxima quinta-feira, 7 de abril, em reunião extraordinária que antecede a reunião ordinária do coletivo.

“Foi um ano em que a Câmara acudiu à situação excecional com um Plano de Reação à Situação Epidémica e de Intervenção Social e Económica. Com muita responsabilidade, minimizamos efeitos da crise em setores profundamente atingidos, ajudamos as pessoas que mais sofreram com a situação e estivemos ao lado das entidades de saúde no combate à pandemia”, refere o presidente da Câmara Municipal, Mário Passos.

O autarca não consegue dissociar a gestão de 2021 do contexto pandémico, mas, diz, a gestão autárquica não se ficou por aí. “Vila Nova de Famalicão soube responder à emergência sanitária, social e económica, sem prejuízo da sua ação e dinâmica quotidianas que, apesar de tudo, fez crescer Famalicão. E isto, sem prejuízo do equilíbrio financeiro e da robustez económica do município que se mantém entre os mais saudáveis do país”.  A margem absoluta de endividamento é superior a 99 milhões de euros, registando-se um rácio de utilização de apenas 19,5%.

A execução da despesa foi de 111 milhões de euros, cabendo neste valor o investimento infraestrutural realizado, mas também o investimento imaterial com a disponibilização de dinâmicas educativas, sociais, desportivas, culturais e ambientais, entre outras. “Se bem que estas dinâmicas imateriais sejam classificadas como despesa corrente no documento, elas resultam de um verdadeiro investimento na qualidade de vida dos cidadãos.”

Nas páginas do relatório “estão plasmadas centenas de ações, projetos, medidas e deliberações que fundamentam estes argumentos e refletem a ação de uma autarquia sólida e ambiciosa, promotora de um modelo social cada vez mais sustentável, com uma gestão cuidada e equilibrada dos recursos públicos e uma planificação estratégica orientada para o bem-estar dos famalicenses e para a salvaguarda do futuro das gerações vindouras”.

Mário Passos, que até outubro integrou o executivo na qualidade de vereador, tendo assumido, a partir daí, a presidência da autarquia, recorda que apesar da conjuntura desfavorável 2021 “foi também um ano de passos importantes de infraestruturação do futuro do concelho. A conclusão das obras de reabilitação do Mercado Municipal, do Teatro Narciso Ferreira, da via ciclo-pedonal Famalicão-Póvoa e o avanço das obras da criação da Rede Urbana de Ciclovias e da Reabilitação do Centro Urbano, são bons exemplos de uma autarquia com os olhos postos no futuro, criando condições para um território cada vez mais amigo das pessoas e do planeta”.

O documento está disponível para consulta aqui.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS