Quarta-feira, Fevereiro 24, 2021
12.2 C
Braga
Início Região Esposende Esposende reciclou mais 12,4% em 2020

Esposende reciclou mais 12,4% em 2020

DR

Em 2020, a recolha seletiva de resíduos no concelho de Esposende aumentou cerca de 12,4%, face a 2019.

Apesar das circunstâncias atípicas do último ano, em virtude da pandemia da Covid-19, a Autarquia verificou um crescimento da quantidade de resíduos depositados nos ecopontos e encaminhados para reciclagem através do sistema multimunicipal da Resulima, totalizando 1.866,79 toneladas, sendo que 1.004,71 toneladas (+13,8%) dizem respeito à fileira do vidro, 411,99 toneladas (+20,8%) se referem a embalagens de plástico e metal e 450,09 toneladas (+2,9%) correspondem a papel/cartão.

Destaque ainda para o encaminhamento de cerca de 176,44 toneladas de resíduos para reciclagem, através do circuito de recolha dedicada implementado junto dos produtores comerciais e industriais, e, ainda, de mais 77 toneladas de resíduos, resultado do trabalho de recolha e triagem realizados pela empresa municipal Esposende Ambiente, no âmbito das suas atividades diárias. Desta forma, no ano de 2020 foram encaminhados para reciclagem mais de 2.120 toneladas de resíduos.

Por outro lado, a recolha de resíduos urbanos indiferenciados traduziu-se na deposição em aterro sanitário de 18.719,38 toneladas, o que representa uma média mensal de aproximadamente 1.560 toneladas, sendo o mês de agosto o correspondente ao de maior produção, com cerca 2.117 toneladas, e novembro o mês com menor quantidade de resíduos recolhidos, atingindo 1.333 toneladas. Na totalidade do ano, registam-se valores acumulados superiores aos registados em 2019, cifrando-se num aumento de cerca de 3,2%.

No âmbito do projeto de recolha seletiva de biorresíduos junto de grandes produtores (restaurantes, cantinas, IPSS), foram recolhidas 188,38 toneladas de resíduos orgânicos, que foram encaminhados para valorização orgânica e consequente produção de composto para agricultura. Neste aspeto particular, verificou-se uma acentuada redução (-23%) fruto da pandemia e do consequente encerramento/redução de atividade de muitos estabelecimentos.

Também ao nível da compostagem, foram ainda encaminhadas para o Parque de Compostagem Municipal, cerca de 100 toneladas de resíduos verdes provenientes de jardins e espaços verdes, das recolhas levadas a cabo pela Esposende Ambiente.

Em suma, em 2020, através da gestão integrada dos vários fluxos de resíduos, foi promovida a valorização e reciclagem de um total de 2.408,61 toneladas de resíduos, contribuindo decisivamente para o cumprimento dos Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, preconizados pelo Município.

A Esposende Ambiente apela a que, individual e coletivamente, os cidadãos unam esforços para uma gestão adequada dos seus resíduos, passando pela adoção de estratégias e ações que visem a redução, reutilização e reciclagem dos resíduos. O objetivo é que todos os resíduos que possam ser reciclados não sejam colocados no contentor de resíduos indiferenciados, uma vez que, para além das questões ambientais, a sua deposição em aterro acarreta custos, traduzindo-se numa elevada fatura para o Município.

Em caso de dúvida sobre o destino a dar aos resíduos valorizáveis, os cidadãos devem contactar a Esposende Ambiente através do contacto telefónico 253 969 380 ou do e-mail [email protected].

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS