Quinta-feira, Abril 18, 2024
14.5 C
Braga
BragaDoença dos pezinhos vai poder ser tratada no Hospital de Braga

Doença dos pezinhos vai poder ser tratada no Hospital de Braga

DR

O Hospital de Braga vai começar a realizar tratamentos aos doentes com Paramiloidose, conhecida como a doença dos pezinhos, a partir de outubro de 2023, no Hospital de Dia Médico. 

No âmbito de protocolo estabelecido entre o Hospital de Braga e o Centro Hospitalar Universitário de Santo António – CHUdSA, os doentes com esta patologia, que residem na área abrangente do Hospital de Braga, poderão realizar os seus tratamentos mais perto de casa. 

“Este processo de transição dos utentes para o Hospital de Braga é um cenário bastante positivo para todos: evita que o utente tenha de se deslocar muito além da sua zona de residência, e liberta os serviços dos principais centros de referência nacional, que dão resposta a esta patologia, o CHUdSA e o CHULN”, refere Paula Vaz Marques, diretora clínica do Hospital de Braga.  

Com o compromisso de “prestar cuidados de excelência e proximidade a todos os utentes”, o Hospital de Braga iniciará a administração da medicação endovenosa a 18 doentes, no Hospital de Dia Médico. As consultas de acompanhamento continuam a ser realizadas no Centro Hospitalar Universitário de Santo António.

Sobre a Paramiloidose 

A Paramiloidose, também conhecida como a doença dos pezinhos, manifesta-se, inicialmente, entre os 25 e os 35 anos (podendo ocorrer depois dos 50 anos), nos membros inferiores, afetando a sensibilidade aos estímulos e a capacidade motora.  

Os primeiros sintomas são os sensitivos, podendo ocorrer uma diminuição da sensibilidade à temperatura, sensações de formigueiro, dormência ou dor intensa.  

Trata-se de uma doença hereditária, crónica e progressiva, com evolução em 10 anos. Estima-se que em Portugal existam cerca de dois mil doentes com paramiloidose.  

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES