Complexos Desportivos da UMinho registaram 13 mil utilizações desde junho
Sábado , Outubro 24 2020 Periodicidade Diária nº 2614
Principal / Desporto / Complexos Desportivos da UMinho registaram 13 mil utilizações desde junho

Complexos Desportivos da UMinho registaram 13 mil utilizações desde junho

Desde a data da sua reabertura, no dia 3 de junho, os Complexos Desportivos da Universidade do Minho (UMinho) já registaram mais de 1.000 inscrições e 13.000 utilizações em Braga e Guimarães.

De acordo com Carlos Videira, diretor do Departamento de Desporto e Cultura dos SASUM, são “números que atestam a confiança depositada pelos utentes na oferta desportiva da UMinho”.

A viver um novo contexto, devido à imposição de medidas de contingência associadas ao controlo da Covid-19, as instalações desportivas da UMinho continuam com taxas de utilização elevadas. Ainda que a oferta tenha diminuído, devido às normas de distanciamento físico e necessidades de limpeza e higienização de espaços, o Departamento de Desporto e Cultura apresenta uma panóplia de atividades que vão desde as aulas de grupo ao treino funcional, passando pela oferta de cardiofitness e musculação.

“Temos vindo a percorrer um caminho de progressiva normalização, de acordo com as orientações das autoridades de saúde. Começamos por abrir em horário reduzido em junho e julho e, tendo em conta a adesão dos utentes, tomámos a decisão de manter as instalações em funcionamento em agosto. Setembro também marcou o regresso dos desportos coletivos e das atividades de competição, bem como das atividades aquáticas em Braga e Guimarães”, conta Carlos Videira.

Em setembr, registaram-se 519 inscrições em Braga e 239 em Guimarães. No total, desde junho, 1.164 pessoas inscreveram-se ou renovaram a sua inscrição nos serviços desportivos. Já no que diz respeito às utilizações, em setembro foram 5.338 em Braga e 2.291 em Guimarães. Somando os meses anteriores, registou-se um total de 13.006 utilizações.

Já neste mês de outubro, acontece o regresso do desporto informal, com as modalidades de baixo risco, nomeadamente o ténis, o badminton e o ténis de mesa. Além disso, no dia 12 de outubro reabrirá o Centro de Condição Física de Santa Tecla como espaço de treino funcional, em complemento ao Court de Squash que também tem registado níveis de utilização acima da média.

Os números revelados deixam satisfeito o dirigente do Departamento de Desporto e Cultura. “O período difícil que atravessámos durante o confinamento provou a importância da atividade física para o bem-estar das pessoas. Não podemos deixar que as pessoas percam o hábito de praticar desporto. Por isso estamos empenhados em garantir um serviço de qualidade que as motive e contribua para melhorar a sua qualidade de vida”, concluiu.

Com o objetivo de promover hábitos de atividade física no seio da comunidade académica, todos os novos alunos da UMinho estão também a receber um voucher com a oferta do cartão UMinho Sports com 10 dias de utilização livre nas instalações desportivas.