Câmara de Braga avança com requalificação da Rua do Parque Comercial em Nogueira
Terça-feira , Dezembro 1 2020 Periodicidade Diária nº 2652
Principal / Braga / Câmara de Braga avança com requalificação da Rua do Parque Comercial em Nogueira

Câmara de Braga avança com requalificação da Rua do Parque Comercial em Nogueira

O Município de Braga avança no início de maio com as obras de requalificação da Rua do Parque Comercial, na freguesia de Nogueira. A intervenção, que representa um investimento superior a 110 mil euros, terá um prazo de execução de 30 dias.

Esta é uma via estratégica para a cidade que atravessa uma das principais zonas empresariais do concelho, onde estão sediadas várias empresas, indústria e comércio, todos geradores de grandes volumes de tráfego automóvel.

Para o vereador João Rodrigues, que tutela o pelouro do Espaço Público e as Obras Municipais, “esta é uma via que serve diariamente de canal de acesso a uma zona que alberga milhares de postos de trabalho, pelo que este investimento não só se justifica, como se exige. Neste local, situam-se algumas das empresas mais dinâmicas de Braga, pelo que será uma obra de elevada importância para a cidade”.

As más condições de segurança identificadas, resultantes do estado de deterioração do pavimento, conjugado com o número elevado de utilizadores desta via, concorrem para a necessidade de realizar uma intervenção capaz de assegurar o bom estado da via, resolvendo as patologias e promovendo as muitas freguesias que colidem com a mesma.

“O investimento na renovação e criação de vias que servem um parque empresarial como este é uma prioridade deste Executivo Municipal. Todos os dias, esta via é utilizada por inúmeros veículos, boa parte deles com elevada carga, essencialmente ligados às empresas sediadas no local. Contudo, sabemos que esta via serve também, de forma especial, todos aqueles que habitam nas freguesias que a circundam, nomeadamente Nogueira, Lomar e S. Paio de Arcos”, refere João Rodrigues.

A intervenção visa a restituição das condições de circulação para peões e viaturas em segurança e comodidade. Por um lado, pretende-se recorrer a técnicas de reabilitação de pavimentos rodoviários, de forma a devolver as características funcionais ao arruamento, aumentando assim, o seu ciclo de vida útil.

O projeto prevê igualmente a introdução de medidas de acalmia de tráfego, numa tentativa de repor o ordenamento do trânsito naquela zona, nomeadamente no que concerne ao estacionamento abusivo que ali se observa, bem como a diminuição das velocidades praticadas e a criação de áreas de atravessamento pedonal que nunca existiram.