Sexta-feira, Janeiro 27, 2023
12 C
Braga
InícioBragaBraga retoma programa “Diabetes em Movimento”

Braga retoma programa “Diabetes em Movimento”

© CM Braga

O programa comunitário “Diabetes em Movimento”, destinado à prática de exercício físico para pessoas com diabetes tipo 2, está de regresso a Braga após a paragem devido à pandemia.

Implementado em 2019 pelo Município de Braga, em parceria com o ACES Braga, este programa conta com uma organização nacional realizada pela Direção-Geral da Saúde, através do Programa Nacional para a Promoção da Atividade Física e do Programa Nacional para a Diabetes.

Em Braga, as sessões irão decorrer às segundas, quartas e sextas, das 09:30 às 11:00, no Pavilhão Desportivo de Sequeira, sendo os exercícios dinamizados por técnicos de Desporto da autarquia bracarense, acompanhados por enfermeiros do ACES Braga.

A participação é gratuita, mediante referenciação feita pelos médicos e enfermeiros das Unidades de Saúde Familiar.

Para a vice-presidente da Câmara Municipal de Braga, Sameiro Araújo, as intervenções comunitárias para a promoção da atividade física “são consideradas como um dos melhores investimentos do Município para promover a atividade física na população, permitindo envolver um número alargado de cidadãos, utilizando os recursos locais já existentes e potenciando ainda a sua interligação”.

A dose semanal deste programa foi testada cientificamente como ferramenta terapêutica para o tratamento da diabetes tipo 2, sendo todos os participantes acompanhados clinicamente através do controlo da glicemia capilar, da pressão arterial e da intensidade do esforço. Durante este período, decorrerão ainda atividades de educação para a saúde e para a cidadania, de forma a que, no final da intervenção, os utentes obtenham mais saúde e melhor qualidade de vida.

Em Portugal, os números da diabetes têm vindo a crescer desde que há registos, ocupando um lugar na linha da frente dos países europeus com maior prevalência desta doença crónica, sendo que as estimativas apontam para uma prevalência entre 9,8% e 13,3% na população adulta e idosa (mais de um milhão de portugueses).

Rui Macedo, diretor clinico do ACES Braga, relembra que “este projeto e esta parceria fazem com que consigamos colocar Braga como um modelo de inspiração para o desenvolvimento e disseminação de projetos semelhantes a implementar a nível local, algo que se tem verificado nos últimos anos num trabalho muitas vezes feito numa saudável parceria entre o ACES e o Município de Braga”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS