Terça-feira, Agosto 3, 2021
17 C
Braga
InícioBragaBraga: Presidente de São Victor e candidato a São Vicente unidos no...

Braga: Presidente de São Victor e candidato a São Vicente unidos no apoio à PSP e GNR

José Macedo

As forças de segurança pública da PSP e GNR manifestaram-se frente ao Comando Distrital da PSP de Braga para reivindicarem um suplemento de risco idêntico à PJ e SEF.

O presidente da Junta de Freguesia de São Victor, Ricardo Silva, e o candidato à Junta de São Vicente, José Macedo, estiveram presentes para demonstrarem o seu apoio às forças de segurança.

José Macedo

Para José Macedo, há uma discrepância no suplemento de risco na proposta apresentada pelo Governo. “A Polícia Judiciária e o SEF recebem um suplemento de risco de 400 e 450 euros. O nosso ministro propõe 58 euros brutos à PSP e à GNR. Esta discrepância não pode, nem deve acontecer, quando falamos de uma profissão de desgaste físico e emocional, com risco de vida presente, e quando a segurança das pessoas está em causa. Por estas e por outras que os Governos Centrais esquecem que o foco de ação deveria ser sempre as pessoas e não a Gestão de empresas. Um polícia motivado é um polícia ativo capaz de assegurar a segurança da nossa sociedade. Já que as carreiras policiais estiveram tanto tempo congeladas, esta proposta é minimamente ridícula”, contestou.

O candidato referiu que, numa das suas visitas eleitorais à freguesia de São Vicente, pediu reforço policial e que é necessário “investir na segurança das pessoas”. “Nestes últimos dias, após a nossa última visita à freguesia, pedi reforço policial para São Vicente. Mas como poderá acontecer se a própria polícia passa por uma fase de falta de investimento na mesma? A polícia não pode continuar a ser vista como um custo mas sim como um investimento para investir na segurança das pessoas. Mesmo os municípios deveriam apoiar muito mais as forças de segurança, pois é de notar que o crime não para”, lamentou.

José Macedo recordou sobre os assaltantes que colocaram pedaços de fibra na parte superior das portas dos prédios para poderem entrar nas habitações. “Infelizmente, estes dias houve um alerta sobre o “modus operandi” de bloquearem as portas dos prédios na nossa freguesia.  Ainda ontem houve um assalto nas Fontainhas a mais uma habitação. Nós precisamos de uma polícia motivada, dotada de melhores meios que lhes permita combater o crime. Não podemos descurar esta questão, pois é uma profissão de risco e são acima de tudo seres humanos com família”, finalizou o candidato.

Apoie a Braga TV

O apoio dos nossos leitores é fundamental para garantir que a Braga TV continue a ser um canal de informação de referência na região.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS