Sábado, Maio 18, 2024
13.4 C
Braga
EducaçãoBraga: Colégio D. Diogo de Sousa vence Olimpíadas de Química Júnior

Braga: Colégio D. Diogo de Sousa vence Olimpíadas de Química Júnior

© UMinho

Uma equipa do Colégio D. Diogo de Sousa, em Braga, formada pelos alunos José António Figueiredo, Tomás Cadillon e Pedro Oliveira, venceu a medalha de ouro da final nacional das Olimpíadas de Química Júnior 2023, realizada este fim de semana, na Escola de Ciências da UMinho.

A iniciativa foi organizada pelo Departamento de Química da UMinho, em colaboração com a Sociedade Portuguesa de Química (SPQ). Contou com 20 equipas de estudantes do 8.º e 9.º anos de escolas de Norte a Sul e da Madeira, que tinham sido apuradas nas semifinais realizadas em diversas universidades do país. Na final, cada equipa de três alunos teve que efetuar uma prova teórica com questões sobre imagens, filmes e/ou animações projetadas e uma prova laboratorial com questões baseadas na observação de montagens experimentais.

A medalha de prata foi para os alunos Leonardo Sousa, Maria Domingues e Inês Ventura, da Escola Secundária Pinhal do Rei (Marinha Grande) e a medalha de bronze coube aos alunos Vicente Nunes, Maddox Kuipers e Yazhi Xue, do Colégio Salesianos do Estoril. Os prémios foram entregues pela comissão organizadora, constituída pelas professoras Ana Paula Bettencourt, Manuela Raposo, Manuela Silva, Sílvia Lima e Susana Costa.

A iniciativa contou na sessão de abertura com a presença do presidente da SPQ, Joaquim Faria e, da parte da UMinho, a pró-reitora para a Comunicação, Teresa Ruão, o presidente da Escola de Ciências, José González-Méijome, o diretor do Departamento de Química, Luís Monteiro, e a representante da organização, Susana Costa. O programa incluiu também as palestras “Ciência doméstica: uma curiosidade histórica no ensino da Química?”, proferida por João Paulo André, e “Resíduos orgânicos: como transformar um problema em solução”, por Fátima Bento.

Esta iniciativa anual, cuja final de 2015 já tinha sido realizada na UMinho, pretende dinamizar o estudo e o ensino da Química nas escolas básicas, despertar o interesse por esta ciência, cativar vocações para carreiras científico-tecnológicas e, também, aproximar o ensino básico e as universidades.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES