Domingo, Setembro 25, 2022
12.8 C
Braga
InícioBragaBraga abre ano letivo com sessão dedicada ao Pessoal não Docente

Braga abre ano letivo com sessão dedicada ao Pessoal não Docente

© CM Braga

O Município de Braga realizou esta sexta-feira a sessão de abertura do ano letivo 2022/2023 com uma iniciativa que contou com a participação dos assistentes operacionais em funções nos estabelecimentos de ensino do concelho, dos agrupamentos de escolas, representantes das Associações de Pais e Juntas de Freguesia.

Realizada no Altice Forum Braga, esta foi uma “oportunidade de convívio, mas sobretudo de alinhamento de estratégias para o ano letivo que agora se inicia”, referiu Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, dando conta dos investimentos que estão a ser realizados nas escolas, seja ao nível das infraestruturas, seja ao nível do imaterial e da renovação de materiais para o sucesso educativo do concelho.

Para além das obras de requalificação que estão a ser efetuadas em equipamentos que já estavam sob gestão municipal, nomeadamente nas EB1 – como são os casos de Este São Pedro, Figueiredo, Quinta da Veiga ou Nogueira, com investimento global superior a 5 milhões de euros -, Ricardo Rio sublinhou que o governo se comprometeu a realizar um “investimento substancial” em quatro escolas EB 2,3 que estavam até há pouco tempo sob sua alçada: Palmeira, Gulbenkian, Trigal Santa Maria e Frei Caetano Brandão. Estes projetos vão ser em breve desenvolvidos para posterior lançamento do concurso público das obras.

© CM Braga

O autarca referiu ainda que a descentralização de competências na área da educação obriga a um aumento do investimento direto do município no reforço as verbas transferidas pelo estado, especificamente nas áreas das refeições escolares, atividades de enriquecimento curricular, transporte escolar e funcionamento de diversos equipamentos.

Por fim, o edil congratulou-se pelo facto de, em Braga, se ter invertido o ciclo de perda de alunos, estando neste momento as Juntas de Freguesia a apelar ao aumento da capacidade de resposta nesta área nos seus territórios.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS