Segunda-feira, Abril 22, 2024
17.3 C
Braga
AtualidadePolíticaBloco de Esquerda defende subida dos salários dos enfermeiros

Bloco de Esquerda defende subida dos salários dos enfermeiros

© Bloco de Esquerda

Uma comitiva do Bloco de Esquerda reuniu com o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses. No encontro, o partido salientou que “os enfermeiros são essenciais para o Serviço Nacional de Saúde”.

“É crucial dignificar as suas carreiras e o seu trabalho, a bem do SNS e dos utentes. Queremos subir os salários dos enfermeiros, oferecer exclusividade majorada e acabar com as quotas na avaliação e na progressão”, afirma Bruno Maia, cabeça de lista pelo partido pelo Círculo de Braga.

“Em Portugal, há 7,4 enfermeiros por mil habitantes, enquanto a média europeia é de 8,5. Faltam-nos mais de dez mil enfermeiros no SNS. A carreira dos enfermeiros tem sido sistematicamente desprezada. Os salários baixos, as quotas na avaliação, o torniquete das vagas para progressão, a falta de reconhecimento dos especialistas são algumas das causas que têm levado tantos e tantas enfermeiros a emigrar ou a abandonar a profissão. O SNS precisa deles, o país formou-os, no entanto, estamos com dificuldades em segurá-los. Queremos subir os salários dos enfermeiros, oferecer exclusividade majorada e acabar com as quotas na avaliação e na progressão”, afirma o candidato bloquista.

O Bloco de Esquerda defende também que “seja estabelecido um enfermeiro de referência para cada família, medida que deve ser acompanhada da revisão do quadro de competências e atribuições destes profissionais, permitindo libertar médicos de família de algumas funções que os enfermeiros podem e têm capacidade para desempenhar”.

A Comitiva do Bloco de Esquerda contou com, além de Bruno Maia, Alexandra Vieira e João Carlos Macedo.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES