Sábado, Julho 20, 2024
20.6 C
Braga
RegiãoBarcelosBarcelos vai aliviar sobrecarga do cuidador informal com projeto financiado

Barcelos vai aliviar sobrecarga do cuidador informal com projeto financiado

© CM Barcelos

Barcelos vai dispor em 2023 de 64 cuidadores informais. O anúncio foi feito pelo vereador do Pelouro da Ação Social, António Ribeiro, ontem, na Biblioteca Municipal, na abertura da Conferência de Disseminação dos Resultados do Projeto “ProCuidador”.

“É para nós um dia muito importante porque estamos a prestar contas daquilo que fizemos. O ‘ProCuidador’ é um  projeto inovador, experimental, com o objetivo de promover a inclusão social dos cuidadores informais. Trata-se de um projeto piloto que se focou essencialmente nas pessoas com demência e vítimas de AVC”, sublinhou António Ribeiro.

Na sessão de abertura, estiveram ainda presentes Edite Brito, vogal do Conselho Clínico do ACES Cávado III Barcelos – Esposende, Luís Fernandes, diretor da Casa de Saúde S. João de Deus, e Diogo Valadas, diretor da Associação Nacional AVC.

O objetivo do programa foi chegar às 64 pessoas, mas pretende ir mais longe. “Fomos divulgando o projeto, que vinha com pouca divulgação, e a necessidade existe. Mesmo com o Estatuto de Cuidador Informal, continua a haver a necessidade de mais cuidadores. Vão contribuir para substituir os cuidadores nos períodos de descanso dos mesmos”, disse António Ribeiro.

O vereador da Ação Social e Saúde destacou ainda que o programa começou a ser implementado no executivo municipal anterior, quando o Estatuto do Cuidador ainda não estava em vigor, e trabalhou em duas áreas: a demência e o Acidente Vascular Cerebral (AVC). “O próximo ano vai ser o ano da implementação do projeto. Vai ser o ano de arranque do programa para os cuidadores. Nós, a nível no Município, também queremos investir muito a nível da saúde mental. Há disponibilidade das instituições para continuar com o programa. Quando as vontades se juntam, coisas boas acontecem”, reforçou o vereador”, acrescentou.

O encontro contou ainda com a presença da psicóloga da Associação Nacional AVC, Vera Priegue, e Raquel Martins, psicopedagoga da Casa de Saúde São João de Deus que  apresentaram os resultados do “Projeto ProCuidador”. Houve também espaço  para o  testemunho de vários cuidadores informais.                                                                     

Projeto ProCuidador

O projeto “ProCuidador” tem como objetivos aliviar a sobrecarga do cuidador informal, melhorar a qualidade dos cuidados ao domicílio, aumentar a rede de suporte social dos cuidadores, e melhorar a qualidade de vida através de uma intervenção multidisciplinar. O projeto é dinamizado pelo Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Cávado III Barcelos / Esposende e pelo Instituto S. João de Deus (Casa de Saúde de São João de Deus).

Este projeto é cofinanciado pelo FSE (Fundo Social Europeu) em 96.870,95 euros, no âmbito do Programa Norte 2020.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES