Sexta-feira, Janeiro 27, 2023
3.9 C
Braga
InícioAtualidadeAs 7 Soft Skills mais Requisitadas nos Profissionais de Programação

As 7 Soft Skills mais Requisitadas nos Profissionais de Programação

DR

Um bootcamp de web developer é um programa de formação técnica intensiva de curta duração, que ensina as competências de programação que os empregadores procuram.

Estudantes sem experiência prévia em programação podem concentrar-se nos conceitos de programação mais cruciais nos bootcamps de web developers e depois utilizar as suas competências recém-adquiridas para resolver problemas no mundo real.

Muitos participantes em bootcamps de web developers querem iniciar uma carreira no setor tecnológico.

Desenvolvendo aplicações a um nível profissional, conseguem as bases necessárias para criar aplicações, websites, trabalhando com várias linguagens e provar que possuem as capacidades necessárias para fazer avançar significativamente o negócio de um potencial empregador.

A Wild Code School, uma das mais conceituadas escolas de formação em tecnologias de informação da Europa, lançou recentemente o seu Bootcamp de Web Developer, em que os formandos após 3 meses de formação ficam aptos para se tornarem FullStack developers e aprenderem a programar em Javascript, HTML e outras tecnologias.

Muito focado numa pedagogia em contexto real, onde além de desenvolverem todas as skills de programação necessárias, os formandos são acompanhados por career specialists que acompanham no desenvolvimento das soft skills que vão ao encontro dos requisitos mais procurados pelos recrutadores nas áreas de programação.

As 7 Soft Skills mais procuradas pelos recrutadores das áreas de programação

Embora todas as competências técnicas que pode adquirir nestes bootcamps sejam importantes, é também crucial ter conhecimento das soft skills que esta profissão requer.

Descubra quais as soft skills que um programador deve ter e as que mais vão ao encontro do que é requisitado no mercado de trabalho.

Capacidades para resolver problemas e pensamento crítico

Eventualmente, os programadores lidam com problemas mais complexos. A resposta de um programador a um desafio terá um impacto tanto no projeto em que trabalham como no seu negócio.

Uma das competências mais importantes dos programadores é a capacidade de se desafiar a si próprio a enfrentar um problema complexo.

Quem possui um pensamento crítico está consciente da questão com que lida e encontram numerosas respostas que podem ajudar a resolver a situação.

Capacidades de comunicação

Os programadores têm de interagir eficazmente com outras pessoas e equipas, quer trabalhem a tempo inteiro ou à distância.

Os programadores serão frequentemente obrigados a interagir por comunicação escrita como parte do seu trabalho.

As capacidades de escrita concisa são essenciais para os programadores, uma vez que demonstram a sua capacidade de se exprimirem claramente por escrito.

Capacidades sociais e interpessoais

No final, mesmo que tenha o melhor programador a trabalhar no seu projeto, não importará muito se o seu programador não se der bem com os outros membros da equipa.

Soft skills para programadores, incluindo tolerância, empatia, comunicação e gestão de tempo, são essenciais para os programadores.

Porque por vezes trabalhar bem em equipa é mais importante do que o código que desenvolvem.

Pensamento autocrítico

Os programadores devem estar seguros de si próprios no que sabem e ser humildes no que não sabem.

A verdadeira confiança vem de se saber onde se pode melhorar, o que faz com que a autocrítica seja uma das mais importantes soft skills para os programadores de software.

Quando um programador está consciente dos seus pontos fracos, pode pedir aos seus colegas de trabalho ou à gerência a formação e orientação adequadas.

Mas se um programador estiver confiante em si próprio e admitir os seus defeitos, isso é um sinal de maturidade emocional, a qual é também uma soft skill que é constantemente procurada seja em que setor for.

Capacidades autodidatas

A capacidade de um programador para aprender sozinho pode ser muito útil no trabalho.

Podem desenvolver a capacidade de reconhecer questões e caçar rapidamente respostas viáveis por si próprios, se se empenharem na auto aprendizagem ao longo da vida.

A aprendizagem autónoma ajuda os programadores a alargarem o seu pensamento de resolução de problemas e a evitar ficarem bloqueados.

Além disso, aprender coisas novas é muito mais fácil atualmente, graças a todo o software e material de apoio disponível online.

Responsabilização

Os erros foram, são, e continuarão a ser cometidos pelos programadores e qualquer pessoa noutro setor empresarial.

Alguns terão uma influência maior do que outros e alguns poderão passar despercebidos.

No entanto, uma soft skill que se quer procurar num programador é a capacidade de aceitar a responsabilidade pelos seus erros.

É inevitável cometer erros, mas os programadores devem abraçar isto como uma oportunidade de aprender com eles e evitar voltar a cometer os mesmos.

Gestão do tempo

Os programadores trabalham constantemente em projetos com prazo de entrega. Por vezes até lhes é dada a responsabilidade de liderar uma equipa.

Como resultado, a gestão eficaz do tempo está entre as soft skills necessárias para os programadores de software. Um web developer pode produzir estimativas precisas e cumprir prazos, tendo em conta o tempo.

Só poderá completar com êxito quaisquer tarefas e projetos atribuídos, contratando pessoal com boas capacidades de gestão de tempo.

Através de cursos e bootcamps de web developer vai conseguir adquirir todas as suas capacidades técnicas – hard skills – por isso é que é importante ter em consideração todas as soft skills que irá também necessitar para ter sucesso enquanto programador.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS