Segunda-feira, Junho 27, 2022
12.1 C
Braga
InícioEducaçãoUniversidade do Minho vai lançar 112 cursos de pós-graduação

Universidade do Minho vai lançar 112 cursos de pós-graduação

© UMinho

A Universidade do Minho prepara-se para lançar um portefólio de 112 cursos de pós-graduação, desenhados em estreita cooperação com empresas da região, com o objetivo de promover a atualização e requalificação de competências valorizadas no mercado de trabalho. Esta é uma das medidas que faz parte do projeto “ALIANÇA de Pós-Graduação – Competências para o Futuro”, aprovado com financiamento no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

Os 112 cursos serão lançados gradualmente até 2026 com um total de 2730 vagas e 13409 horas letivas. De curta-duração, não-conferentes de grau mas creditados, estes cursos destinam-se a diplomados que procurem especializar-se ou atualizar conhecimentos em oito grandes domínios designados de Programas Educacionais: “Gestão e Inovação Empresarial”, “Arquitetura e Ambiente Construído”, “Comunicação, Cultura, Sociedade e Inclusão”, “Engenharia e Indústria Transformadora”, “Proteção Social e Integração”, “Saúde e Bem-Estar”, “Sustentabilidade Ambiental e Gestão do Território” e “Transição Digital”.

Em 2022, a abertura dos cursos será gradual e, nos próximos dias, terá início o período de candidaturas para o Curso de Formação Especializada em Tecnologia de Fachadas e Envolventes de Edifícios (com 20 vagas disponíveis). Este primeiro curso é lançado em parceria com a empresa Bysteel/DST, uma das 74 empresas que integram o projeto ALIANÇA.

“O investimento neste tipo de formação orientada para a atualização e requalificação dos trabalhadores, de equipas de gestão, ou de desempregados, é de crucial importância para o desenvolvimento económico e social do país sobretudo em período pós-pandemia”, afirma Guilherme Pereira, pró-reitor para a Avaliação Institucional e Projetos Especiais e coordenador do projeto “ALIANÇA de Pós-Graduação”.

No website da ALIANÇA para além de poder ser consultada toda a informação, como cursos disponíveis, planos curriculares, taxas de frequência, entre outros, poderá ser realizada a candidatura aos cursos.

A Aliança de Pós-Graduação

Os cursos foram desenhados a partir de um conjunto de parcerias estabelecidas com cerca de 80 empresas e organizações públicas. Trata-se de uma lista de parceiros estratégicos da ALIANÇA, em permanente expansão, que contribuirá com recursos humanos qualificados no processo de ensino, com o desenvolvimento de atividades de formação centradas em contextos profissionais, com a frequência dos cursos por parte dos colaboradores e com a abertura de oportunidades de emprego para os estudantes.

Está também previsto o investimento em novas abordagens educativas, transversais a toda a instituição, que visam contribuir para o sucesso dos estudantes, sua  empregabilidade e preparação para uma carreira de futuro, bem como para a melhoria das instalações pedagógicas, aumentando a segurança, o conforto e a usabilidade para comunidade académica, juntamente com uma grande aposta na da melhoria da infraestrutura tecnológica, garantindo a sua atualização e uma adequada resposta ao aumento acelerado das necessidades digitais na UMinho.

Inserida nos programas “Impulso Jovens STEAM” e “Impulso Adultos”, a ALIANÇA enquadra-se no esforço de modernização do Ensino Superior e (re)qualificação da população portuguesa, estando previsto atrair nos próximos quatro anos mais de 2000 novos estudantes.

Bolsas de Estudo

Para cumprimento de dois dos principais objetivos da ALIANÇA – a excelência no processo de aprendizagem e o apoio financeiro aos profissionais-estudantes em situação económica fragilizada em resultado da crise pandémica - institui-se a atribuição de bolsas de estudo, usando o mérito como critério para a decisão sobre o montante a atribuir a cada estudante. Assim, os alunos destas formações serão elegíveis para Bolsas de Estudo, cujo valor estará indexado à classificação final que vierem a obter.

O modelo de atribuição aprovado para 2022 será aplicado apenas aos estudantes que concluam o curso no decorrer da primeira inscrição no mesmo, sem nunca terem reprovado ou suspendido a inscrição, com assiduidade e aprovação em todas as unidades curriculares, nas seguintes condições:

  • os 20 % melhores alunos obterão uma bolsa de valor pecuniário idêntico ao da taxa de frequência anualmente definida (100%);
  • os seguintes 30% melhores alunos obterão uma bolsa de valor pecuniário correspondente a 75% do valor da taxa de frequência anualmente definida;
  • os restantes 50% obterão uma bolsa de valor pecuniário correspondente a 50% do valor da taxa de frequência anualmente definida.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS